Parcerias | Quando A Esmola É Muita Há Que Desconfiar ?

09:00

Parcerias


Hello hello :) hoje venho falar-vos de uma temática que penso ser pertinente para todos os bloggers: parcerias.

Todos nós que andamos aqui no mundo dos blogues sonhamos um dia ter parcerias, grandes ou pequenas, sonhamos. Quem disser que não está a mentir, afinal são elas que nos fazem sentir reconhecidos.

Quando as parcerias começam a aparecer temos, automaticamente, tendência a aceitá-las sem olhar a nada, afinal alguém reconheceu o nosso blogue. Com o tempo começamos a tornar-nos mais seletivos, a questionar uma série de coisas e até a rejeitar parcerias.

Hoje venho dar-vos o meu feedback em relação a uma parceria, porque como sabem se há coisa que prezo no meu blogue é a honestidade e sinceridade. Se digo quando gosto, também digo quando não gosto.


Parcerias


Em outubro de 2016 recebi um e-mail que se intitulava por "A melhor proposta de parceria que vai receber hoje", abri e li a seguinte "proposta":

"A Zaask é uma plataforma online que facilita o processo de contratação de prestadores de serviços. Como? Oferecendo os melhores orçamentos aos nossos clientes, acabando com a parte chata do processo. Simultaneamente, ajudamos os profissionais a aumentar o seu volume de negócios. (Incrível, não é?!).
Ao conhecer o seu blogue, percebi que seria bastante benéfico promover uma cooperação entre o Minnie Me e a Zaask, já que existe uma enorme relevância entre os conteúdos aí abordados e os serviços que a nossa empresa oferece. Esta sinergia estaria assente no maior e mais importante pilar da internet: a partilha!
Resumidamente, nós criaríamos um artigo que seria posteriormente publicado no seu blogue, poupando-lhe tempo e trabalho. Este conteúdo, além de pertinente e extremamente interessante (garanto-lhe!), poderia ser partilhado no Facebook da Zaask (que conta com aproximadamente 90.000 seguidores!) dando-lhe maior visibilidade.

O mais provável é neste momento estar tão entusiasmada com esta ideia como nós, e por isso mesmo convido-a a passar pelo nosso blog https://www.zaask.pt/blog/ para nos ficar a conhecer um pouco melhor."

Não sou mais do que ninguém, mas quando já se têm alguns números questiona-se algumas coisas, tem-se curiosidade e fazem-se acertos.
Questionei que vantagem traria o possível post e o que me foi respondido foi que, graças aos tais 90.000 seguidores iria atrair afluência ao meu blogue.

Foi então sugerido pela pessoa que representava a Zaask um "tema relacionado com DIY", com o argumento de ser "um tema dedicado à decoração de interiores seria tanto interessante para o seu blog, como para nós" e aí eu pensei... Então mas num primeiro e-mail dizem-me "existe uma enorme relevância entre os conteúdos aí abordados e os serviços que a nossa empresa oferece", o que me levou a entender que "estudaram" o meu blogue e agora vêm-me propor DIY's?

Pensei que fosse a gozar, mas respondi cordialmente "Em nenhum momento o DIY predomina na temática do meu blogue. Fico com a dúvida que tenha visto bem o meu blogue pois a proposta que me fez e que considerou interessante para mim e para vocês, não o é." e ainda rematei num e-mail posterior "posso garantir-lhe que posts de DIY não são nenhum sucesso e muito menos têm qualquer taxa de interação com o leitor, são aliás os posts com menos visualizações/comentários", uma vez que o tal responsável argumentava "Na minha opinião o género de abordagem DIY, possibilitaria uma maior taxa de interacção com o leitor".

Bom, tive a certeza de que a pessoa que estava a falar comigo não tinha, de certeza, muita noção do que se passa no mundo da blogosfera, mas lá está, não tinha nada a perder.
Respondi solenemente "Tenho blogue há alguns anos e posso garantir-lhe que posts de DIY não são nenhum sucesso e muito menos têm qualquer taxa de interação com o leitor, são aliás os posts com menos visualizações/comentários." e mencionei alguns temas que gostaria de ver abordados no blogue "maquilhagem, produtos de beleza ou viagens (destinos europeus)".

Lá acabaram por me sugerir o tema "Sítios imperdíveis em Lisboa fora dos guias turísticos", o face à sugestão anterior me pareceu muito melhor, ainda que não fosse 100% enquadrado no blogue.

Parcerias

Na altura lembro-me de pensar "Oh, não te chateies. É conteúdo à borla, sem te chateares". Hoje vejo as coisas de um prisma bem diferente. De novembro até agora passaram apenas 4 meses mas muita coisa mudou. Em novembro tinha uma média mensal de visitas de 15000, neste momento tenho média mensal de visitas de 35000. Antes dedicava-me ao blogue como um passatempo, agora dedico-me ao blogue à séria.

O pior? Como sabem sou super amiga do Ricardo (do blogue O Pinguim Sem Asas) e conferenciamos todos os dias sobre estas coisas (e muitas mais). O Ricardo diz-me que também tinha sido convidado, que os mails diziam X, Y e Z e começámos a perceber que os e-mails eram gerais, copy paste e que nada de pessoal havia nos mesmos.
Se trocavam as sugestões do tema? NÃO! Cá para mim o DIY é que está na moda lá para os lados da Zaask!

Parcerias

Ao olhar para trás percebi que a parceria foi vergonhosa desde o início! Porpuseram-me produzir conteúdo, ok, mas nada a ver com o meu blogue, apesar de me terem dito que queriam "promover uma cooperação entre o Minnie Me e a Zaask, já que existe uma enorme relevância entre os conteúdos aí abordados e os serviços que a nossa empresa oferece", existe? Não percebi onde.

Depois a parte mais vergonhosa... Segundo o colaborador que falou comigo, o conteúdo que produziriam para mim teria um link de redirecionamento para o blogue deles e podia"ser partilhado no Facebook da Zaask (que conta com aproximadamente 90.000 seguidores!) dando-lhe maior visibilidade...". Certo, o conteúdo foi partilhado mas apenas UM MÊS DEPOIS de eu o ter publicado, completamente fora de contexto.

Parcerias

NENHUMA! Esta é a resposta pura e dura! Nenhuma visibilidade. O post é um dos menos lidos do blogue, não passou das 510 visualizações e a interação (comentários) aconteceu apenas com os meus seguidores habituais.

De mencionar que até eu colocar o post no ar, a pessoa da Zaask que falou comigo estava sempre a responder-me, sempre super colaborante, etc. Depois de eu publicar o post foi-me dito que quando colocassem o post no facebook me confirmariam por e-mail.
Passou um mês não disseram nada, enviei e-mail a questionar. Responderam que a publicação sairia naquele mesmo dia. Pedi que quando saísse me fosse enviado o link do facebook (isto a 22/12).

Apenas a 08/02 me responderam e disseram o seguinte "nao é possível partilhar o link de uma publicação feita na nossa página, uma vez que o facebook nao gera um link associado a esse post" e eu fiquei preplexa, porque ok o facebook não gera link, mas todos sabemos como achar o link da publicação, certo?
Ok, lá fui procurar. Encontrei. Ok. Nada se passava nesse "post". 

Ainda enviei um e-mail com uma pequena opinião minha mas, fiquei sentadinha à espera da resposta, claro.
Resumindo...

Parcerias

Não, não, não e não! Este tipo de parceria não vai acrescentar NADA ao blogue, nada de nada. A única coisa a ter é um tema totalmente desajustado (a não ser que tenham um blogue de DIY's xD). Ao contrário do que fazem crer, não trará quase ninguém ao blogue e por isso cai por terra a maior visibilidade que eles prometem (pelo menos na minha opinião e face aos meus números).

Então o que realmente aconteceu? Aconteceu que não foram eles que me geraram maior visibilidade mas sim eu a eles e isto acontece com toda a gente com esta parceria com eles. A "maior visibilidade" que eles prometem para nós não dá em nada, já nós fazemos publicidade gratuita em troca de um artigo totalmente desajustado do tema do nosso blogue.



NOTA: De referir que esta é apenas a minha opinião baseada na minha experiência, não significa que com toda a gente tenha corrido da mesma forma e acredito que algumas pessoas possam ter ficado contentes com a parceria.

E por aí, já fizeram parcerias com a Zaask ou já receberam proposta? Contem-me lá as vossas experiências.

Também podes gostar de...

24 comentários

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  2. vou partilhar na comunidade do google+, junta-te a nós se quiseres.
    é realmente aliciante ter alguém interessado no que fazemos... mas também é desmotivador tomar consciência da falta de profissionalismo, responsabilidade e sinceridade. enfim... a vida continua =) bjinhs

    aqui fica o link: https://plus.google.com/u/0/communities/110352522209820177700

    ResponderEliminar
  3. Obrigada por este post - veio confirmar as minhas suspeitas de isso é uma treta lol quando recebi a proposta deles, só o e-mail "condescendente" já me deixou de pá atrás, e confesso que a ideia de ter alguém que eu não convidei a produzir conteúdo para o meu blog me pareceu completamente desajustada. Tenho pena que tenhas tido esta má experiência :\ mas bom, todos vamos aprendendo e é mesmo assim que se cresce!

    Jiji

    ResponderEliminar
  4. Pois definitivamente são situações complicadas de lidar. Porqur parece que gozam com o nosso trabalho. Isso faria sentido para mim por exemplo no que toca aos DIY apesar neste blog ainda não ter feito nenhum porque é recente. Mas pronto. Coragem haha


    Beijinhos,
    www.pirilamposemarte.com

    ResponderEliminar
  5. De facto nem todas as parcerias são benéficas. E este caso consegue cair no ridículo.

    ResponderEliminar
  6. Eles propuseram o mesmo a todos. Conseguias perceber isso no girly grupo do face. Nós não fomos excepção. Mas logo que lemos o e-mail não vimos benefícios. Os números em quantidade não interessam nada. Interessa a qualidade. Além disso, quando procuramos ler um blogue, procuramos ler porque pessoa(s) x ou y o vai escrever e gostamos de ler o que é escrito habitualmente. Logo não vimos interesse nenhum em ter uma publicação escrita por outra pessoa. Só trazia pontos negativos à priori...
    E temos que discordar contigo: não se aceitam todas as parcerias propostas mesmo tendo um blogue em inícios. Aceitam-se aquelas que consideramos que se enquadrem no âmbito do que queremos para o nosso blogue, que achamos que faça sentido. Mas isto é a nossa opinião, com o que nos regemos

    ResponderEliminar
  7. Realmente não foi uma grande experiência... Também me tira do sério eu cumprir a minha parte do acordo e do outro lado ter feedback zero!!

    ResponderEliminar
  8. Eu também aceitei a parceria com eles mas de nada me valeu! Definitivamente não vale a pena!

    A Marca da Marta

    ResponderEliminar
  9. Adorei o post! Acima de tudo sinceridade :)
    Obrigada pelo "aviso", beijinhos.
    www.cappuccinodeavela.blogspot.com

    ResponderEliminar
  10. Eu também cheguei a ser contactado por eles.. E na altura também pensei "conteúdo de borla.. oh não te chateias.." mas também te digo o tema que escolheram era sobre as dores de burro!! http://alebanac.blogspot.pt/2015/12/dores-de-burro-durante-o-exercicio.html anyways.. se fosse hoje.. talvez nao aceitava.. posts assim até eu faço e talvez tem mais credibilidade porque são experiências pessoais e honestas.. mas o provérbio é mesmo esse: quando a esmola é grande.. o povo desconfia :)

    ResponderEliminar
  11. Também me aconteceu isso, mas nem sequer chegaram a publicar no facebook. Podia reclamar mas nem me quis chatear. Costumo dizer que estas pequenas coisas são aprendizagens :)


    The best of me

    ResponderEliminar
  12. Obrigada pela tua partilha confesso que não conhecia
    enfim deu para ver que não sabem mesmo nada deste mundo
    Beijinhos
    CantinhoDaSofia /Facebook /Intagram
    Tem post novos todos os dias

    ResponderEliminar
  13. Eu tinha o meu blog á poucos meses quando me contactaram, como foi a primeira vez que uma empresa me contactou, é claro que fiquei toda eufórica na altura! Aceitei sem saber de nada... Na altura eu lá tinha noção do que era uma parceria xD
    Sinceramente não me lembro de números de vizualizações nem nada, mas lembro que foi sobre maquilhagem que nisso enquadrou-se super bem na minha temática do blog!
    Fiquei até com curiosidade de ir procurar o post e comparar com os outros daquela altura xD

    ResponderEliminar
  14. Noutro dia recebi uma proposta parecida, não da Zaask mas uma proposta do mesmo estilo. Queriam escrever no meu blog sobre bombas energéticas de fitness!! Quando li o email fiquei a pensar "mas será que eles viram o meu blog mesmo? Really? Não aceitei a parceria. Os meus leitores vêm à procura de um certo e determinado conteúdo e não vou estragar a confiança dos leitores por uma simples parceria sobre bombas de fitness!

    Mas é bom haver posts sobre isto¨! Muita gente pensa que o importante é ter parcerias, mas o mais importante é a qualidade da parceria!

    www.anafernandes.ch

    ResponderEliminar
  15. Obrigada pelo teu post, foi muito útil, caso um dia me proponham coisas do género ..

    ResponderEliminar
  16. Não conhecia a marca e nem recebi qualquer proposta mas sem dúvida que ter uma marca a produzir conteúdo para o meu blogue não está nos planos para o meu blogue, uma vez que criei o blogue para me ocupar e sem dúvida que o que dá personalidade ao nosso blogue é a nossa forma de falar e nos expressar! Depois de ver este post ainda com mais certeza fiquei de que não quero isto para mim :) Beijinho
    http://anamakeawish.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  17. Olha eu também fui na cantiga do vigário....
    Não gostei da forma como se apresentaram desde o inicio "a melhor proposta bla bla bla"...
    Mas negociei com eles; porque na realidade o que eles querem é linkbuilding! E eu pedi exactamente o mesmo! Porque já previa que a partilha na pagina de Facebook deles, nao me ia trazer visualizações nenhumas! Estudei bem a pagina e percebi logo que nao tinham interação nenhum! Portanto os 90 mil (que até são 88 mil) são números vazios; gente que pôs like e que nunca mais lá pôs os pés!!!
    Mas pronto, eu não fiquei a perder tudo, no entanto a prometida partilha na pagina deles, foi adiada, tal como a tua... e eu ainda enviei 2 mails, mas sem resposta! Como sabia que não ia "dar fruto", nem me chateei e dei a coisa por perdida! Ainda assim, a atitude deles é altamente reprovável e quando alguém me pergunta, eu digo imediatamente que são péssimos profissionais, pelo menos no que toca a bloggers!
    Toda esta situação é de lamentar!
    Fizeste bem em expor! Talvez algumas meninas se apercebam e não cometam o mesmo erro que nós!
    Um beijinho,
    Last Post: Fitness/Maquilhagem | Ginásio: Cara Lavada ou Cara Maquilhada?
    Ukuhamba

    ResponderEliminar
  18. A ideia de uma parceria é trazer benefícios a todas as partes envolvidas - no nosso caso, entre nós blogueiras e as empresas. Mas infelizmente algumas empresas, a exemplo dessa que você citou, propõem coisas tão absurdas que nem podem ser chamadas parcerias, pois os benefícios ficariam apenas pra elas, enquanto nós trabalharíamos praticamente de graça... a gente tem que tomar muito cuidado, senão acaba saindo no prejuízo :(

    www.umatalxavier.blogspot.com

    ResponderEliminar
  19. Por partes, concordo contigo quando dizes isso das parcerias... Mas há dois tipos de pessoas...quem o faz por gosto e olha para as parcerias como reconhecimento e um orgulho por ver algo seu associado a uma marca X ou Y. E depois há quem faça isto apenas para um fim: parcerias. E há muita gente no meio sedenta apenas por parcerias sem, ás vezes, se preocuparem em melhorar dia a dia e fazer sim algo bom e bonito para quem lê.
    Apesar de eu ser uma migalha minuscula e bem amadora no mundo da blogosfera posso dizer te que já rejeitei parcerias e assim o continuarei a fazer. Aceito apenas as que eu me identifico e as que realmente faria uso caso não tivesse um blog.
    E também porque não quero transformar o meu blog numa montra de produtos que eu nem usaria.
    Por isso mesmo sendo minúscula a minha selecção já começou há algum tempo. E para mim, bem associado á palavra "parceria" tem de vir a palavra "sinceridade". Sem isso o blog perde totalmente a credibilidade e depois de se perder ...adeus, chapéu. Dificil de se recupera.
    E o facto de se "dizer mal" não invalida que o produto seja mau... porque vamos lá ver, é impossível que todos os produtos no mundo funcionem da mesma forma com TODA a gente.
    E depois há formas e formas de se escrever e criticar...mas isso já são outros bailes!
    Essa parceria em concreto não conhecia mas ainda bem que informaste Minnie. É chocante o que contaste.
    Um beijinho
    elisaumarapariganormal.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  20. Também me contactaram e foi exactamente a mesma história! Hoje sem dúvida alguma também não aceitaria... Agora já sabemos :)
    Beijinhos, The Fancy Cats

    ResponderEliminar
  21. Bem, como sabes propuseram e recusei... Achei que a única vantagem que me traria era um post sem me dar trabalho, mas como ej gosto de escrever para o blog achei que não me compensava! Nunca imaginei é que até a partilha do post fosse dar problemas... Mas enfim, vivendo e aprendendo x)

    ResponderEliminar
  22. Opá, já nem me lembrava desse tesourinho :D também o recebi no meu email e vem exatamente no mesmo formato, com as minhas palavras eheh recusei, pois achei que não faz sentido alguém escrever por mim :) Bisou

    http://thebrunettetofu.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  23. Peço imensa desculpa Ana Rita, mas o que está a fazer aqui com este post não é minimamente justo e inclusivé acho que é uma tentativa muito feia de ganhar trafego à conta da empresa que menciona, que é uma plataforma com a qual trabalho como Prestador de Serviço e só tenho a dizer bem!
    Todas as empresas no mundo inteiro fazem guest blogging! É mais do que comum! Nada para ficar espantado. Se fica espantado é porque não percebe nada do digital!
    Na altura dava-lhe jeito ("É conteúdo à borla, sem te chateares") e aceitou. Hoje queixa-se. O pior é que isto não é uma queixa ingénua... Triste...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde José Manuel.
      O que estou aqui a fazer é um post JUSTO, SINCERO, HONESTO e REAL. Relativamente ao tráfego, como deve imaginar, não é com este post que ganho o que quer que seja. Acredite, há posts MUITO polémicos por aqui ;)
      Se tem a dizer bem, parabéns! Ótimo para si. Eu também posso dizer mil maravilhas da MEO e 99 pessoas dizerem que é péssima, não é por isso que é boa ;)
      Não, realmente não percebo nada de mundo digital... As 200 mil views que ganhei desde o início do ano são um presságio de quem nada percebe disto. A única coisa que me deixou espantada foi a FALTA DE COMPROMISSO, a FALTA DA PALAVRA e sobretudo a FALTA DE RESPEITO PARA COMIGO e para COM O MEU TRABALHO!
      Na altura o conteúdo dava-me jeito? Não. Há conteúdo muito melhor, acredite. Aceitei porque não tinha nada a perder...
      Mas diga-me por favor, adquire um serviço da MEO, fica descontente com ele e não reclama porque quando o adquiriu dava-lhe jeito, é isso?

      Cumprimentos

      Eliminar