Conheces A Fantástica Sandra ? | Looking Through People

09:00

fantástica

Hello hello :) Hoje trago-vos um post muito diferente, uma colaboração com a fantástica Sandra! Querem conhecê-la? Bora lá.

Faço parte do grupo no Facebook "Two Looks One Person", um grupo de bloggers e youtubers que tem como objetivo divulgar os nossos posts, blogs, insta's, Facebooks, etc. 

Surgiu a hipótese de participar numa colaboração e eu nem olhei para trás.

Adoro conhecer novas bloggers e a oportunidade de conhecer alguém pessoalmente agradou-me imenso. E foi assim que conheci a Sandra do Rotinas e Cafés. Estive com ela esta semana e preparei uma mega entrevista. Vamos conhecer a Sandra? :)
fantástica
Quem é a Sandra?
Sou a Sandra Pascoal, tenho 19 anos e sou dos Açores. Estou neste momento a viver e a estudar em Coimbra. Estou a tirar o curso de Direito na FDUC.

Como foi largar os Açores e vir para a Universidade em Coimbra?
Foi complicado porque vim para cá e não conhecia ninguém.
Ia ficar numa residência porque era mais fácil para mim adaptar-me, conhecia mais pessoas e até foi muito bom porque a minha colega de quarto também é de direito, é mais velha, e ajudou-me imenso.
Foi uma cidade nova, quando cá cheguei fiquei encantada. É tudo novo, tudo corria bem, claro que chegou uma altura que tive saudades e fiquei mais em baixo. Quando voltei no natal aos Açores foi muito estranho, já não sentia que a minha casa era ali, só queria regressar para coimbra

fantástica

Porque escolhes te coimbra?
Tinha uma prof no 10º ano que tinha as duas filhas a estudar cá em Coimbra e ela dizia sempre “uma vez Coimbra para sempre saudade” e eu fiquei muito intrigada com essa frase. Fui pesquisar sobre Coimbra, Coimbra é a cidade dos estudantes e então decidi concorrer para Coimbra, mas pensei sempre que não entrasse. Nunca quis ir para o Porto ou para Lisboa porque o nível de stress da cidade é muito maior.

Foi nesta fase da tua vida que surgiu o teu blogue…
Sim. Todos nós temos algum momento da nossa vida em que queremos começar um blogue mas parece que nunca acontece, quando vim para a faculdade decidi que era desta e estou a gostar imenso, apesar de às vezes ser muito complicado arranjar conteúdo.

Chegaste a Coimbra e foste integrada na Praxe. Como foi essa experiência?
Estava na fila para fazer matrícula e vieram imensas raparigas ter comigo, como é normal, e eu estava totalmente de mente aberta em relação à praxe. Interpelaram-me e eu decidi experimentar. A Praxe de Direito é muito rigorosa, tínhamos de cumprir à risca horários, e eu respeito a Praxe mas não percebo porque é que para se ganhar o respeito de alguém temos de estar a olhar para baixo, isso não é ganhar respeito nem é integração. Simplesmente não te estás a valorizar, estás a ser desvalorizada por pessoas que têm praticamente um ano a mais do que tu. Desisti da Praxe no primeiro dia.

fantástica

Porque é que escolheste viver numa residência e não numa casa “normal”?
Primeiro porque acho que quando não vais à Praxe a residência é uma ótima forma de integração, eu não sou pessoa de me dar a conhecer a toda a gente, de chegar e dizer o meu nome é Sandra e tu e na residência toda a gente se dá a conhecer. Na residência vivem pessoas de todos os sítios, conheces culturas diferentes, pessoas diferentes. Tenho ali amizades que eu sei que “isto” vai acabar e as amizades vão manter-se. Nos Açores contava os meus amigos pelos dedos e atualmente quando vou aos Açores falo mais com o pessoal de Coimbra do que dos Açores.Eu não fui à Praxe, que é onde normalmente tu conheces as madrinhas, e na residência encontrei alguém que me ajuda imenso, que me apoia e que é super querida, daquelas pessoas que sabes que está lá nos maus momentos. Pedi-lhe para ser minha madrinha.

Ainda tens o blogue há pouco tempo. Que objetivos tens para este ano?
Não sei, tenho uma mente muito aberta para o blogue. Não tenho nada fixo nem dias nem assuntos, aquilo que eu quiser escrever eu escrevo, o que quiser mostrar aos meus seguidores eu mostro. Quero ver como corre até ao fim do ano, gostava de continuar para o ano mas no final do ano vou fazer uma retroespetiva e perceber se vou continuar porque também não quero estar a fazer uma coisa que não me transmite nada só para dizer que tenho um blogue.

Quais os temas que abordas ou gostavas de abordar?
Falei da cidade de Coimbra, falei da minha transição, falei do meu curso, já fiz um haul… Quero fazer tudo à base disto, mas sobretudo abordar as minhas viagens porque é algo que gosto muito de fazer e quero falar de todos os cantos que eu vou, porque mais do que maquilhagem o importante é o que fazes enquanto estás “cá”.

fantástica

A tua família e os teus amigos sabem do teu blogue?
Sim sabem. A minha família como é tudo no início age com muita tranquilidade, pronto é um blogue, está tudo bem… Os meus amigos têm uma visão diferente, dão-me muito apoio, principalmente das amizades que tenho cá em Coimbra. Estão sempre a incentivar-me a questionar quando faço mais posts, dizem que escrevo bem, que gostam e dão-me força para continuar.

Nunca pensaste em começar o blogue no anonimato?
Nunca pensei em ser anónima porque já fiz muita asneira na vida, se for mais uma que não dá certo, paciência, não é preciso ser anónima.

Estás há muito pouco tempo no mundo da blogosfera. Quais as tuas primeiras impressões sobre tudo isto?
Noto mais que as pessoas não têm uma ideia própria, fazem as coisas só para ter parcerias, escrevem o que as marcas querem e não o que os leitores deveriam ler. Eu não tenho nada contra parcerias,  e se algum dia vierem serão bem vindas. Não tenho mesmo nada contra as parcerias, só acho que as pessoas não deviam fazer certo tipo de coisas só para ganhar visualizações.

Um dos teus projetos para este 2017 é o teu canal de YouTube. Porque decidiste ir para esta plataforma?
Porque tenho acompanhado ultimamente vlogs, tenho visto muitos ultimamente. Acho que os vlogs dão-nos a conhecer muito mais a pessoa. Acho que vai ser um aliado do blogue, vai ser o meu dia a dia, a minha semana, algo que acho que vai ser bom partilhar com as pessoas. Se as pessoas gostarem vou continuar. Acho que por agora vou iniciar-me somente nos vlogs, acho que nunca vou passar para os vídeos propriamente ditos, não tenho tempo e é muito mais desgastante.

fantástica

Viajar é uma das coisas que mais gostas…
Infelizmente só viajei entre ilhas e para o continente, Gosto muito de viajar, estás a ir para um lugar novo, ninguém te conhece, podes ser tu própria sem medo. No teu sítio, por mais que queiras ser tu própria, sabes que há sempre alguém que te vai apontar o dedo.
A minha próxima viagem gostava que fosse ou a Londres ou à Noruega; talvez como próxima escolha Londres, porque o irmão do Miguel (o meu namorado) está a viver lá perto.

A nível profissional como te imaginas daqui a 8 anos?
Daqui a 8 anos espero sinceramente já ser uma advogada, porque é aquilo que sempre quis. Desde pequena que me imaginava no cenário e brincava com isso, à medida que fui crescendo percebi que era o que queria, que queria poder ajudar as pessoas.

O teu futuro passa pelo continente ou pretendes voltar para os Açores?
Sem dúvida nenhuma que passa por cá. EU gosto muito de lá estar mas acho que aquilo não é um sítio para viver por vários motivos: as pessoas lá são muito mesquinhas e eu não quero estar a criar uma vida, não quero estar a ter filhos num sítio que me transmite más energias e para além disso, acho que é muito mais acessível viver no continente, é mais fácil deslocar-me e tenho mais oportunidades. 


E pronto, esta é a Sandra, uma miúda mesmo mesmo fofinha, com objetivos bem traçados e que sabe sem dúvida o que quer da vida! 
Gostei muito de estar com a Sandra, ela é fantástica, temos ideias muito semelhantes! 


E por aí, já conheciam a fantástica Sandra?

Também podes gostar de...

11 comentários

  1. Não conhecia, mas já vou visitar o blog ;)
    beijinho
    http://adiaryb.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Eu não conhecia mas gostei de a conhecer através da entrevista :)

    ResponderEliminar
  3. Não conhecia, mas fiquei curiosa pela entrevista e decidi visitar o blog dela! Obrigado pela partilha, é sempre bom conhecermos novas pessoas na blogosfera! :)

    ResponderEliminar
  4. Gostei imenso de partilhar um pouco do meu tempo contigo! :)

    ResponderEliminar
  5. Por acaso não conhecia a Sandra, mas gostei imenso de ler sobre a mudança dela! Vou espreitar o blog :)

    THE PINK ELEPHANT SHOE // INSTAGRAM //

    ResponderEliminar
  6. Não conhecia mas vou espreitar o blog! Obrigada pela partilha! :)


    A Marca da Marta

    ResponderEliminar
  7. Adorei conhecer a Sandra, sem dúvida uma entrevista de partilha pessoal que nos mostra um pouco mais a pessoa por trás do blog.
    Beijinhos
    https://a-carlota.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  8. Não conhecia mas adorei conhecer um pouco mais sobre ela
    Beijinhos
    CantinhoDaSofia /Facebook /Intagram
    Tem post novos todos os dias

    ResponderEliminar
  9. Heyyy!
    Adorei, adorei e adorei!
    Vou sem dúvida visitar o blogue dela!
    Bjs

    ResponderEliminar
  10. Não conhecia esta menina mas devo dizer te que adorei! Excelente entrevista ;)
    Beijinho
    elisaumarapariganormal.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  11. Já conhecia o blogue da Sandra, contudo desconhecia o facto de ela ser dos Açores. Adorei a entrevista e obrigada pela tua colaboração e toda a tua dedicação por este projeto. Beijinhos

    http://andreiaseraos.wixsite.com/blog

    ResponderEliminar