Como É Estar Desempregada ? Alguém na mesma situação ?

09:00



Hello hello :)
Hoje venho falar-vos de algo que faz parte da minha vida há algum tempo: estou desempregada! É um tema que evito falar por me deixar triste e fazer questionar muita coisa, mas hoje decidi partilhar convosco.


Estou há 5 meses desempregada, sem qualquer tipo de rendimento... Há 6 meses que dependo da boa vontade da minha mãe e do meu namorado. Há 6 meses que os sonhos são mais que muitos mas a capacidade de os realizar é pequeníssima.

Quero tanto trabalhar e poder juntar dinheiro, quero tanto conseguir sustentar-me, poder não depender de ninguém, poder ter iniciar uma vida de casal à séria, poder pagar as contas juntamente com o meu namorado, poder viver, poder sonhar...

Não é fácil! Ouço muita gente a dizer que não trabalho porque não quero, mas não e bem assim. Muitos perguntam-me se envio currículos apenas para os anúncios da minha área... ACHAM MESMO? Eu quero trabalhar, quero ganhar dinheiro, muito ou pouco quero é ganhar dinheiro, ter uma ocupação, ter responsabilidades, ter rotinas, entendem?

Sabem quantos currículos envio por dia, por semana? Nem eu! São tantos... E se numa semana receber um e-mail a dizer "obrigada por se ter candidatado" já fico feliz, sabem porquê? Porque NUNCA me dão resposta, porque nem para entrevista me chamam...
E eu fico a pensar: será que a minha formação (licenciatura e mestrado), as minhas competências descritas no currículo, os meus 5 anos de experiência na área e outros tantos fora da área, não são suficientes? Será que não valho nada? Será que não sou sequer considerada apta para entrevista? Será que o meu currículo é insuficiente? Não sei o que fazer mais.

Quando vou a uma entrevista, dou tudo de mim! Transmito confiança, positividade, responsabilidade e, sobretudo, vontade de trabalhar... Mas nada parece resultar! Já estudei estratégias, já falei com pessoas da área dos recursos humanos e aparentemente estou a fazer tudo certo... Então, afinal o que está errado?

Não sei, mas começo a ficar saturada de não ter trabalho, não ter forma de me sustentar, de contribuir para as despesas... Começo a ficar deprimida.

A título de exemplo... Na passada 5ª feira fui a uma entrevista para assistente de loja de uma conhecida marca de telecomunicações. Honestamente, algo que me interessa! Fora da minha área, é uma área que gosto, ainda por cima super dinâmica e com contacto com o público. Todos temos preferências, certo? A entrevista correu super bem, eu achei (tenho consciência disso), as próprias recrutadoras o disseram. Saí de lá a pensar "BOA! É desta! Tenho altas probabilidades", sobretudo pelo que vejo neste tipo de lojas (funcionários sem a mínima vontade e que nem falar com os clientes sabem). Sabem que mais? Na 6ª feira MANDARAM-ME SMS para dizer o quê? Não fui selecionada. E é este tipo de situações que me fazem começar a achar que nunca mais vou conseguir trabalho, que as minhas competências (que tanto lutei para adquirir) são básicas e não servem para nada... O pior? O anúncio está no ar novamente... ENFIM!

E pronto, por hoje é isto! Tinha tanto tanto para acrescentar, mas por hoje fico-me por aqui... Precisava de desabafar, só isso.

Alguém se encontra desempregada/o desse lado? Sentem o mesmo?

Também podes gostar de...

62 comentários

  1. Eu estive muito pouco tempo desempregada quando saí da faculdade, mas mesmo esse pouco tempo foi difícil. Conheço bem a sensação de mandar centenas de currículos e não ter sequer uma resposta... coragem, melhores dias virão. Nada dura para sempre (;

    ResponderEliminar
  2. Não desanimes, eu sei que é mais fácil dizer do que fazer, mas não há mal que dure para sempre ;) Continua a enviar cv´s, vais ser chamada, quantas mais entrevistas fores, mais hipóteses tens de ser selecionada ;)
    Beijinho**
    http://adiaryb.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Estive há uns sete meses atrás mas por motivos de saúde tive de abandonar o antigo trabalho sem um plano B, sei bem o que isso é, e também sei que por vezes ter uma licenciatura/mestrado é algo que vai contra nós para alguns empregadores porque nos dizem que temos qualificações a mais para o cargo :x é frustrante ..

    ResponderEliminar
  4. Linda vais ver que mais tarde ou mais cedo algo te vai bater a porta =)
    eu sei o que é isso depender dos outros e uma coisa que não gostamos
    força
    Beijinhos
    CantinhoDaSofia /Facebook /Intagram
    Tem post novos todos os dias

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Assim espero, porque já ando a desesperar... :(

      Eliminar
  5. Como te compreendo :( Estou exactamente na mesma situação que tu e estou tão farta disto...

    ResponderEliminar
  6. Também estou na mesma situação, felizmente recebo subsídio de desemprego. Mas sim torna-se saturante irmos a várias entrevistas, enviar-mos IMENSOS currículos e por vezes nem um ai nos dizem.
    Boa sorte querida e muitos beijinhos!

    http://ourhouseisablog.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  7. O importante é não desistir! Há que ser positivo! :D
    De certeza que em breve irás encontrar alguma coisa que gostes! :)


    A Marca da Marta

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A minha positividade está a ir pelo cano a baixo ...

      Eliminar
  8. Omite que tens mestrado... Foi o que eu fiz e resultou enquanto estava em Portugal... Já ouviste falar de ser qualificações a mais?! Existem... Assim que retirei o mestrado tive mais contactos...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade... pensei mesmo em fazer isso, mas também imagina que depois há alguém na empresa que me conhece e denuncia a situação... é grave

      Eliminar
    2. Claro que não... não estás a dizer que tens alguma formação que não tens... Isso sim é grave.
      Eu fiz e não me arrependo mesmo!!!

      Eliminar
    3. É tão triste este tipo de situações... :(
      Beijinho

      Eliminar
    4. Concordo absolutamente contigo!!! É mesmo triste mas é a realidade... Mas força!!!

      Eliminar
    5. Nem tudo dá errado! Um dia destes consigo!
      Beijinho

      Eliminar
  9. Olá,
    Não deves desanimar :) Estive desempregada durante 1 ano e 6 meses, tenho 45 anos, 23 anos de experiência profissional, mandava currículos e ninguém me respondia, até que um dia reponderam, fui chamada para a entrevista e fui contratada :)

    ResponderEliminar
  10. Também estou contigo nessa luta e sem bem que não é fácil. Uma pessoa começa a sentir-se inútil e incapaz. O único segredo mesmo é ir tentando cada dia e não deixar de acreditar! Temos que nos agarrar às pequenas coisas que ainda estão boas e acreditar que melhores dias virão! :D

    Another Lovely Blog!, http://letrad.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu sinto me muito inútil.... estou a desesperar :)

      Eliminar
  11. Não posso dizer que estou na mesma situação mas é bem parecida... Um dia falo sobre isso, já falei mas irei aprofundar o tema, também para alertar que não confiem nas empresas como eu fiz e no fim quem se lixa somos nós... Beijinho e pensamento positivo!

    ResponderEliminar
  12. Infelizmente a fase que está passar é a de muitos jovens que tem a sua formação concluída e não conseguem arranjar emprego, quanto mais na sua área.
    Ainda assim não desmotive. Por muito difícil que esteja, tenho coragem, e vá a entrevistas, continue a enviar currículos que mais cedo ou mais tarde vai terminar esse sufoco! Força!

    https://jusajublog.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nunca vou desistir, mas torna-se difícil :( beijinho

      Eliminar
  13. Este post dá mesmo muito que pensar! É triste que o nosso país esteja na situação em que está, sem qualquer tipo de oportunidades.

    Nunca penses que as tuas qualificações não servem de nada porque tenho a certeza que é uma mais valia na tua vida mesmo a nível pessoal!

    Infelizmente muitos empregadores preferem dar lugar a alguém sem cursos superiores e afins.

    Eu bem tento voltar para casa, enviar currículos todos os dias para os mais diversos sítios e sinto-me inútil ao final do dia pois parece que a minha experiência é nula.

    Só posso dizer que não podes perder a esperança. Por muito difícil que seja (e eu acredito!) tens que acordar todos os dias com a mesma vontade de vencer e conseguir! Um dia a vida vai mesmo dar a volta!

    Um grande beijinho*
    Ana Carvalho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É o que nos resta... nunca desistir.
      Beijinho e obrigada :)

      Eliminar
  14. Acho que fizeste bem ao desabafar isso connosco!
    É horrível estar desempregada e não ter o nosso próprio dinheiro! Compreendo-te perfeitamente mas vais ver que daqui a nada vais começar a trabalhar, a ter rotinas, a ter o teu dinheiro, e isso tudo! Acredito em ti!
    Beijinhos ENORMES,
    BabyLú
    http://www.luciaffmoreira.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  15. Também estou desempregada, o último trabalho que tive, terminou no final do ano, coisa que eu já sabia que ia acontecer desde que aceitei ir para aquela empresa. Fui, sabendo que ia fazer o horário normal de 40h semanais e a ganhar pouco mais de 400€, ainda assim decidi ir pois tinha sido a única empresa que não pediu experiência em contexto fabril e assim o tempo que lá estive, ganhei alguma experiência.
    Em vez de enviar currículos, opto por ir presencialmente sempre que possível. Apenas faço online quando é para me inscrever em alguma candidatura nas empresas de trabalho temporário. A kelly Services, aqui em Aveiro tem no site já à algum tempo vários trabalhos para a zona de Anadia. Não sei se tens conhecimento, se é longe da tua zona de residência ou se é da tua preferência.

    Boa sorte :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lá está... agarramos tudo o que aparece, mesmo que as condições não ensejam as melhor...

      Eliminar
  16. Linda,
    Eu sei bem o que isso é...falas de 5 meses, eu posso falar de 5 anos!Imagina!!! E ainda não chegaste aos 30...depois dos 30/35 anos...tudo piora! Embora, de momento, tenha umas horas... não posso considerar um trabalho, nem pelo ordenado, nem pelas condições. Acontece-me o mesmo: Mestrado saiu do meu CV e Licenciatura só não tiro, porque não posso deixar 11 anos de experiência em branco. Os empregos são conseguidos por cunhas. E, por outro lado, há especulação, isto é, ofertas de trabalho falsas que fazem entrevistas para inglês ver, pois o que as empresas querem é vender o teu CV a outras empresas de estudos de mercado. Fazem bases de dados gratuitas à nossa custa. Se quiseres posso enviar-te um link de uma reportagem que fala disto. Muitas vezes, concorres a ofertas especulativas... (falsas...em bom português). Continua a tentar! Eu ainda não desisti! ;
    Beijinho.

    ResponderEliminar
  17. Força e nunca desistas!
    Um dia a sorte vai bater-te à porta.

    Um beijinho,
    Mónica Rodrigues dos Santos
    http://cupcakewomen.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  18. Percebo-te muito bem! Tive desemprega durante 5 meses, com mil currículos enviados, tanto para ofertas como candidaturas espontâneas. Valeu-me na altura estar a escrever a tese para me manter ocupada! Entretanto encontrei algo, que fora da minha área é uma grande paixão e adoro a minha equipa.
    Acredito que também vais acabar por encontrar o sítio que te pertence.
    Um beijinhooo 😘😘😘

    ResponderEliminar
  19. Compreendo perfeitamente o que estás a passar! Muita força e persistência! E acredita em algo que te vou dizer: o problema decididamente não está no teu currículo e muito menos na tua experiência em várias áreas! Acredito sinceramente que o mercado de trabalho hoje está aberto sobretudo para pessoas com poucas habilitações e dispostas a tudo.

    ResponderEliminar
  20. Como te compreendo Rita , imagina só que eu já tou a bem mais tempo que tu, não fazes mesmo idéia. Eu não sei o que fazer mais mesmo 😔 mas embora desanimada continua a ter esperanças. Adorei o post .Beijinhos 😘

    ResponderEliminar
  21. Olá princesa =)!

    Vim aqui parar por uma acaso e já me tornei tua fã e seguidora.

    Honestamente hoje em dia estou numa situação melhor (embora precária), mas sei ler e percebo cada palavra que escreves. Depois de me licenciar estive um ano e meio em casa à procura de trabalho na área (e aqui sou sincera... achei que merecia trabalhar na área por isso a minha procura foi na área), depois percebi que não era vida e fui trabalhar para uma cadeia de supermercados. De caixeira passei a chefe de loja e quando as coisas pioraram voltei a ser caixeira (atenção que me apaixonei por esta profissão e o facto de lidar com o público foi o que mais me apaixonou... voltaria sem problema para uma caixa de supermercado se necessário)... Passei quase três anos neste supermercado e a verdade é que como gostei e ganhava dinheiro acomodei-me, mas um dia tudo acabou e voltei para onde? CASA! Mais de meio ano em casa e depois de eu achar que a sorte não era para mim tive dois trabalhos na área! Ou seja, licenciada há quase 6Anos a minha "sorte" bateu-me À porta só nos últimos 11meses e finalmente duas empresas acreditaram em mim ao fim de tanto tempo e sem experiência! NUNCA mas mesmo NUNCA penses que não és boa o suficiente... A vida dá muitas voltas! NUNCA DESISTAS de nada... nem do trabalho numa loja! Acredita sempre!

    Namoro há quase 11Anos, estou noiva há quase 6 e sei o que é empatar a vida pelo emprego, mas vamos LUTAR!

    Beijinhos,
    Joana*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ohhh :) bem vinda aqui aí estamine :) nunca vou desistir mas já começa a ser desesperante... beijinho

      Eliminar
  22. Pensa positivo que irás conseguir. Vais conseguir! O universo dá-te o que lhe pedires com mais força. Dá-lhe no poder positivo que funciona! :D Atrai coisas boas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Penso tanto tanto positivo e não dá em nada ... beijinho.

      Eliminar
  23. Lamento que te sintas assim. Imagino que não deva ser fácil mas mantém-te positiva, vais ver que a tua oportunidade vai chegar =)

    ResponderEliminar
  24. Olá Ana, fico triste porque na verdade são muitas as pessoas que realmente querem e esforçam-se por conseguir um trabalho e nada...é realmente frustrante. Desejo do fundo do meu coração que consiga algo e acima de tudo que alguém perceba o quanto a Ana vale e quanto a sua empresa iria ganhar com alguém assim!!! Um beijinho <3

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Espero mesmo conseguir em breve porque já ando a desesperar :( beijinho ...

      Eliminar
  25. Não me podia identificar mais com este post! É que subscrevo tudo o que dizes! Eu também sou licenciada e como é óbvio não procuro só na minha área, aliás até mando CV's mais para fora da minha área porque existem mais anúncios. Nunca respondem..quando vou a uma entrevista ou não sou seleccionada ou é para se explorada (tenho histórias que ninguém se acredita), os meus amigos até dizem que eu sou pau para toda a obra pois agarro a todos os biscates que têm aparecido (trabalhar 2 dias aqui, 1 semana ali, 15 dias acolá) e é o que tenho arranjado =\ estou desempregada desde janeiro do ano passado e desde aí que só faço biscates como referi e é quando aparecem..desanima é horrível, estamos sempre a levar com os "conselhos", as censuras das pessoas que podem não dizer mas pensam que nós não queremos é trabalhar..mas só quem está dentro do barco é que sabe como é. Beijinhos e obrigado por divulgares a nossa realidade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim as outras pessoas a julgar é o pior... beiiinho

      Eliminar
  26. Como te percebo. Encontro-me numa situação idêntica e por mais que uma pessoa tente ser positiva, ás vezes é difícil, e desmotivador.
    E o pior é que as empresas precisam de pessoas, mas não querem empregar, porque estão á espera de estágios curriculares,ou estágios de entidades externas que suportam a bolsa de estágio.

    ResponderEliminar
  27. Olaaa, beleza:)
    Neste país de rendimentos mínimos é de louvar este testemunho!
    Vais conseguir, nem que seja, seres blogueira (remunerada) à full time. Eu amaria sê-lo!

    Beijokitaz

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso era o meu sonho... :) beijinho e obrigada

      Eliminar
  28. Não desistas que tenho a certeza que vais conseguir concretizar todos os teus objectivos linda, e rápido rápido vais estar a trabalhar <3
    http://omundodajesse.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  29. Coragem, não é uma situação fácil mas eu tenho a certeza que serás capaz de a mudar, algo de muito especial está a ser "cozinhado" para ti :) Acredita! E vais ver que acontece.
    Passei por uma situação semelhante e depender de outros é tão mas tão complicado que mexe com o mais profundo do nosso interior. Força, não duvides das tuas capacidades e não desanimes. Tu és muito especial e tens muito valor. Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vamos lá continuar nesta procura incessante :)

      Eliminar