VIAGEM DE AVIÃO QUE SE TORNOU UM PESADELO

09:00


Hello hello :)
Estive duas semanas em Paris com o namorado e a família, a descansar para voltar de energias renovadas e isso ia acontecer... Ia! Acontece que a viagem para cá se tornou o meu maior pesadelo e apesar de já estar em terras Portugueses há mais de uma semana, ainda não consegui "ultrapassar" esta viagem. 

Toda a gente sabe que viajar no Natal é caro e para Paris ainda mais caro é (devido ao número de imigrantes). Quando reservei as viagens tentei os preços mais baratos. Para lá consegui uma viagem pela Transavia e para voltar só consegui mesmo pela Ryanair, que as outras companhias estavam com preços exorbitantes. 
A viagem pela Transavia correu espetacularmente bem. Correu bem o voo, correu bem com as malas, chegámos a horas, tudo impecável.
O regresso a Portugal é que se revelou uma verdadeira aventura. 

Bom, para conseguir as viagens mais baratas, tivemos de nos sujeitar a viajar por um aeroporto secundário: Beauvais Tillé. Este aeroporto fica bastante longe de Paris a 110km e como o trânsito em Paris é caótico, tivemos de sair de casa bastante cedo. Saímos por volta das 6h da manhã e chegámos ao aeroporto por volta das 8h15 (imaginem). 

Terminal encerrado
A aventura começou logo aqui... Estacionámos o carro no terminal 2, terminal onde ia apanhar o voo e ao chegar ao mesmo, fomos informados (por papéis nas portas) que o terminal estava encerrado e que tínhamos de nos dirigir ao terminal 1. O cenário? Não era "já ali" e estavam -5º, um frio de rachar... Nunca tremi os dentes com tanta força. Às 8h30 já estávamos no terminal 1. E a partir daqui foi um cenário de maior.

Confusão no check in
Tentámos aceder ao check in para despachar a minha mala de porão e digo tentámos pois com o encerramento do terminal 2, o terminal 1 estava caótico (e eu ainda não tinha visto nada). Lá conseguimos aceder ao "balcão de check in" para despachar a mala. Não havia NINGUÉM para nos ajudar, ninguém. Tínhamos uma máquina para fazer "Self Check In" e paciência... Tínhamos mais duas malas de cabine e perguntei a uma funcionária do aeroporto se não poderia despachá-las, pois normalmente os voos vão cheios e estas mesmas malas vão para o porão sem custos. Arrogantemente respondeu-me que não e que se quisesse tinha de pagar. Enfim...

Fila interminável ou como perder o avião
Após despacharmos a mala fomos informados que teríamos de ir para uma fila para passar a segurança e entrar no terminal. Quando nos dirigimos para a fila percebemos que a mesma era interminável. Não tinha fim. O pior? É que ao fim de 10 minutos tínhamos dado uns meros 4 passos. As horas foram passando e a fila pouco se mexia. Eram 10h15 e a fila estava longe de terminar, sendo que o nosso voo era às 10h30. A minha mãe, que fala francês fluente, dirigiu-se ao funcionário do aeroporto que lá fez o obséquio de nos passar à frente na segurança pois o nosso voo estava mesmo ali.

Segurança ridícula
A 15 minutos do avião sair (supostamente), conseguimos passar o primeiro segurança, quando pensávamos que agora é que era rápido, fomos obrigados a ir para uma fila para mostrar o cartão de cidadão à polícia e eles registarem-nos. Para quê? Não sei. Para nos fazer perder tempo. Uma vez que estamos dentro da União Europeia tal não se justifica. Aliás, nunca me tinha acontecido, apenas em Inglaterra.

Cara de bombista? Alcoólica?
Não sei se tenho, mas provavelmente os srs da segurança dos aeroportos acham isso de mim e do namorado. Colocámos as malas de mão na passadeira, tirámos cintos, telemóveis, carteiras, computadores, sapatos e toda uma panóplia de coisas e... 'Pi pi pi pi pi' namorado a apitar, malas a não passar... Um cenário digno de um filme. Lá conseguimos resolver a cena e ir em direção ao embarque.

Embarque
2h30 depois de andarmos às voltas no aeroporto, lá conseguimos chegar à porta de embarque e adivinhem... As nossas malas de mão foram para o porão. Pior: tivemos de viajar com os nossos computadores portáteis na mão. Quão confortável foi (NÃO).
O pior disto tudo? É que mais de metade dos passageiros do avião não se fizeram ao caminho (e alertaram a segurança que o voo era às 10h30) e tivemos de esperar por eles dentro do avião.
Conclusão? O avião ficou com um atraso superior a 1h15.

Stress
Foi tudo tão stressante ou tão pouco (imaginem) que mal o avião levantou voo, dormi até aterrar em Portugal. Nunca tinha conseguido tal proeza, mas ainda bem que consegui. Precisava mesmo de descansar pois o meu dia ia ser longo e cansativo.
Estava danada... O voo super atrasado e o Ricardo (OBRIGADA RICARDO) estava à nossa espera há mais de 1h. Saímos do avião e esperamos as nossas malas (que recordo, tinham ido no porão). Mal as apanhámos, saímos rapidamente para encontrarmos o Ricardo e sairmos dali.

As malas
O dia foi longo, atarefado e longe de casa. Quando às 23h30 cheguei finalmente a casa, retirei a película aderente em que tinha envolto a mala que ia no porão pois necessitava de colocar os macarons no frigorífico.
Quando comecei a cortar a película, senti que a mala tinha um cheiro intendo ao desodorizante do namorado, mas ignorei. 

DESTRUÍRAM A MINHA MALA

Quando retirei a película apercebi-me que a minha mala estava partida em baixo... Comecei logo a ficar nervosa. Pior: uma das embalagens de macarons que vinha lá dentro estava danificada, o desodorizante do namorado tinha rebentado, uma carteira que trazia estava danificada... ENFIM!
Passei-me da cabeça. Só me apetecia chorar, mas ao invés disso disse umas quantas asneiras mentalmente.

Com quem reclamar?
Como sabem, não é a companhia aérea que coloca as malas no avião, é a empresa contratada do aeroporto, mas sendo que foi com a companhia que viajei, era com a companhia que tinha de contactar. No dia seguinte, tentei achar o contacto da Ryanair no site e adivinhem... Não tinha. Não desisti. Liguei para o Aeroporto do Porto. A sra foi muito simpática e passou-me para o balcão da Ryanair. Fui informada que tinha 7 dias (a contar do dia do voo) para ir ao aeroporto apresentar reclamação e que tinha de levar a mala, a etiqueta da mala (que por acaso não tirei), o cartão de embarque e os meus documentos. E assim fiz! 

A reclamação
No domingo seguinte (dia 8) fui ao Aeroporto do Porto (recordo que vivo em Coimbra) e dirigi-me ao balcão da Ryanair. Enviaram-me para o gabinete da Ryanair dos perdidos e achados que fica dentro do terminal de embarque. Adivinhem: tive de ir à credenciação, passar a segurança (tirar sapatos, carteira, telemóvel e bla bla bla para o tapete) e só depois um colaborador da Ryanair me foi buscar, visto que eu estava numa zona totalmente interdita a não passageiros.
Reclamei, viu a minha mala, registou a reclamação e deu-me o número do meu processo para eu ir a um site específico consolidar a reclamação e enviar fotos. Foi muito simpático.
No dia seguinte, fui ao site e fiz a reclamação. Vamos ver como corre.

Nunca mais viajo por Paris Beauvais Tillé

Dicas:
- Verifiquem o estado das vossas malas ainda no aeroporto.
- Caso tenham algo danificado, vão imediatamente aos "Perdidos e Achados" da companhia aérea em questão. No Aeroporto do Porto fica ainda dentro do terminal, mesmo ao pé do local onde apanham as ditas malas.
- Após terem o número do processo reclamem no site que vos derem.

Site onde devem reclamar bagagem danificada Ryanair

E pronto, vou deixar-vos com o lindo serviço que me fizeram à mala, para que não pensem que estou a exagerar. 

Com este buraco, é óbvio que não poderei voltar a viajar com esta mala. Que fez a sua primeira viajem e teve logo este azar. Sim, a mala era nova.
E agora é esperar para ver.

Desculpem o tamanho do post mas espero que este possa vir a ser útil a alguém que tenha o mesmo azar do que eu, porque eu procurei como reclamar bagagem danificada da Ryanair e não encontrei nada. 

E vocês, já tiveram azares destes? Já viajaram por Beauvais? Que acharam?
Beijinho*

Também podes gostar de...

49 comentários

  1. Fogo, realmente que raio de regresso!
    Mas acho que fez muito bem em apresentar a reclamação. Só que ter de o fazer de Coimbra ao Porto foi um grande transtorno (fora os que já tinha tido!).

    https://jusajublog.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, foi esta a minha sorte...
      Enquanto me lembrar não quero nem ouvir falar do aeroporto de Beauvais.
      Beijinho.

      Eliminar
  2. Não tens que agradecer :) o dia correu melhor porque estivemos a gargalhar juntos. Agora é esperar que se resolva tudo.

    Beijinhos
    Ricardo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Reza para que sim, se não lá terei de regressar mais cedo ao Porto e tu lá terás de me aturar ahahah
      Beijinho*

      Eliminar
  3. Tiveste mesmo um grande azar!
    Felizmente nunca me aconteceu uma situação semelhante! :)

    A Marca da Marta

    ResponderEliminar
  4. Nunca tive stresses coincidencia ou nao sempre viajei com a mesma companhia - TAP e so tenho coisas boas a dizer. Mesmo a nivel de precos para onde fui e pra onde vou daki a uns meses bate as low cost.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Neste caso a companhia não teve culpa, mas sim os funcionários do aeroporto.
      Beijinho*

      Eliminar
  5. Ui que aventura ! Espero que isso se resolva rapidamente .

    ResponderEliminar
  6. Que pouca sorte querida, ainda por cima com uma mala novinha. Eu quando comecei a ler e vi o nome da Ryanair até tremi, tive uma péssima experiencia com eles, muito mais grave e ia ficando em inglaterra sem ponta por onde pegar. A ver se faço um post sobre isso (agora que li o teu, achei um post util), ponho no blog e depois te envio o link.
    Espero que ao menos o tempo em Paris tenha sido memorável e te tenhas divertido imenso, é uma cidade que adorava visitar. Beijinhos!!
    http://rockandkohlbabydoll.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  7. E já agora, fiz-te um follow no blog, gosto imenso do que vi e li até agora.
    Se quiseres deixar no meu, caso gostes é o http://rockandkohlbabydoll.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  8. Compreendo a tua indignação, mas a única coisa anormal que te aconteceu foi a mala :/ A segurança que passaste é normal e, tendo em conta as coisas que têm vindo a acontecer, eu gosto de ver um controlo apertado!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A segurança não é normal. Acredita. Ter uma fila de 3h/4h para passar 1 segurança é tudo menos normal.

      Eliminar
  9. Bem que situação! Espero que te reembolsem o valor da mala!
    THE PINK ELEPHANT SHOE // INSTAGRAM //

    ResponderEliminar
  10. Fonix!!!! Eu partia aquela merda toda!!! E mais eu que tenho um feitio de merda uuuuui....
    Mas fizeste muito bem em reclamar! Já viste como a mala ficou? Meus ricos macarons!!! Ahahahahahah (a gulosa a falar)
    Depois diz quando te responderem já agora quero ver qual vai ser a desculpa esfarrapada para descartarem a responsabilidade!

    Beijinho
    www.blogasbolinhasamarelas.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Irei contar os desenvolvimentos no blogue, de certeza absoluta. Beijinho

      Eliminar
  11. Nunca andei de avião mas já ouvi falar bem como mal
    parece que a tua não correu nada bem
    oh e triste eles não saberem tratar das coisas que não são deles
    Beijinhos
    CantinhoDaSofia /Facebook /Intagram
    Tem post novos todos os dias

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não tens mesmo noção de como jogam as malas... é ridículo. Beijinho

      Eliminar
  12. Aconteceu-me um "azar" com uma mala também a viajar para Paris (neste caso, Orly) pela TAP, em que me arrancaram uma das (duas) rodas da mala. Tivemos de passar a viagem toda com a mala naquele estado. Quando regressámos ao aeroporto para nos virmos embora de lá, disseram-nos que a mala para ser arranjada teria de ser em Portugal, uma vez que estaríamos de regresso em breve. Quando chegámos a Portugal fizemos então reclamação e (no caso da TAP) reporta-se o dano e depois contactamos a empresa responsável por telefone ou email para confirmarmos a reclamação e mandar fotos. Depois disso vão entregar-nos uma nova mala de substituição.
    É muito chato quando se mora longe do aeroporto e temos de nos deslocar lá de propósito por um erro deles, é mesmo muito inconveniente. No nosso caso disseram-nos que só poderíamos reclamar no próprio dia do voo, olha se só tínhamos dado conta do dano mais tarde como tu!?! ou se vivêssemos longe do aeroporto!?! É uma trapalhada!
    Espero que tudo se resolva rapidamente e te dêem uma nova mala.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Espero bem que sim. Se não nem imagino o que vou fazer... beijinho

      Eliminar
  13. TXI! Essa não foi mesmo uma boa viagem :(
    Beijinhos
    www.beatrizcouto.com

    ResponderEliminar
  14. Já viajei várias vezes pela raynair e correu sempre tudo bem. Pelo que descreves parece que o problema não foi de todo com a companhia mas sim com o aeroporto em si pois a companhia provavelmente só estava a obedecer a ordens superiores (como o despacho das malas). Nesses dias caóticos também é normal que nem toda a informação chegue a todos os funcionários pelo que algumas situações podem ser confusas mas a meu ver tanto a confusão como a situação da mala teve a ver com uma mal gestão do aeroporto com essa afluência. A mala provavelmente foi atirada como muitas outras de um lado para o outro para despacharem as coisas mais depressa (já se viram imensos vídeos assim)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exatamente... e por já ter assistido a esses vídeos, decidi reclamar e reportar tudo aqui no blogue. Estou disposta a ir até as últimas consequências.

      Beijinho

      Eliminar
  15. Nunca viajei pela Raynair, só pela TAP e pela Easyjet e foi tudo sem stress! No entanto, tenho uma amiga que raramente leva a mesma mal em duas viagens. Sempre que a tira do porão está destruída! Morro de medo que isso me aconteça. Espero que a tua reclamação surta efeito!
    Kiss, Mariana Dezolt
    Messy Hair, Don’t Care

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O problema aqui não foi da companhia... foi mesmo o aeroporto, porque não é a companhia que trata das malas. Beijinho

      Eliminar
  16. Isto sim é uma situação super stressante! O pior que já me aconteceu em viagens de avião foi ter de levar com dois atrasos no aeroporto de Genebra (fiquei 4 horas à espera), além de ter de fazer um "self check-in" onde não tinha ninguém a ajudar...

    http://cidadadomundodesconhecido.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eles gozam com a nossa cara! Pagamos as viagens (nada baratas) e ainda temos de nos desenrascar. Uma vergonha.

      Eliminar
  17. eich, que viagem atribulada querida...

    ResponderEliminar
  18. foi mesmo uma viagem para esquecer... eu já viajei atráves da ryanair, porto-Barcelona e a volta e sinceramente não tive nada a apontar, pelo contrário até chegamos quase meia hora antes do esperado (: esperemos que te reembolsem o valor da mala !
    http://arrblogs.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A ryanair coitada não teve culpa nenhuma, que quem trata das malas são os aeroportos. Mas são eles que tem de reembolsar. Beijinho

      Eliminar
  19. Que situação tão desagradável, nunca me aconteceu nada do género mas entendo a tua indignação.
    Beijinhos
    http://virginiaferreira91.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  20. Que filme :o
    Eu quando estive em Paris era para viajar pela Ryanair, mas aconselharam-me a não ir para esse aeroporto .
    Acabei depois por não ir mesmo, até porque era longe.

    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já tinha viajado por lá e não tive problema nenhum :/ beijinho

      Eliminar
  21. Bem, que viagem. Espero que nunca mais se repita e que resolvam a tua reclamação.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Espero bem que sim... Porque estou disposta a ir até às últimas consequências.
      BEijinho*

      Eliminar
  22. Já viajei com a Raynair e correu tudo super bem :) vou viajar outra vez em Fevereiro e espero que seja tudo tranquilo também!

    Blog The Glitter Door

    ResponderEliminar