Vidro do iPhone estalou...

13:16

(desculpem a pouca qualidade da foto mas era a única que tirei que dá para notar)

O vidro do meu iPhone estalou e agora? 
O vidro do meu iPhone estalou, a garantia cobre?
O vidro do iPhone estalou sem motivo aparente a garantia cobre?
O vidro do meu iPhone novo estalou a garantia cobre?

Estas foram perguntas que me fiz mal aconteceu a tragédia (que vos contei)... O vidro do meu iPhone 6S com apenas 1 mês e meio (e 4 meses após o seu lançamento em Portugal) estalou sozinho na minha mão, de um lado ao outro (como podem ver na imagem a cima). 

O primeiro pensamento foi "isto aconteceu sem motivo aparente, sem eu ter culpa, de certeza que a garantia cobre"... Mas por outro lado eu sabia que a garantia da Apple (no caso do iPhone, o resto não sei) não cobre vidros partidos, aliás por isso fiz um seguro ao iPhone. Decidi procurar na internet (esse ser maravilhoso) e todos os relatos que encontrei diziam que a Apple simplesmente não cobria, pensei logo em mandar o telemóvel para o seguro, mas depois também pensei que não valia a pena porque a "rachadela" era superficial e não afetava em nada a utilização do iPhone, só se eu o inclinasse (ver imagem a baixo).


Depois de pensar no que fazer decidi enviá-lo para a garantia da Apple, porque no fundo eu não tinha de ativar um seguro para algo que eu não tinha tido culpa... Alguma coisa deveria estar errado. (Para terem noção do que me passou pela cabeça até pensei que poderia ter sido da diferença de temperatura que eu tinha apanhado em França e em Portugal, uma vez que apanhei -7 graus em França e quando aterrei estavam 19 graus, logo uma diferença de 26 graus, mas não estaria o iPhone mais recente preparado para essas vidas? ahah).

Pronto, lá deixei o telemóvel sempre com a certeza que obviamente a Apple não iria assumir nada, mesmo não tendo o telemóvel uma única marca de queda ou mau uso...

12 dias depois recebo uma SMS a informar que já poderia levantar o meu equipamento. Dirigi-me à loja e disse ao rapaz que estava ali para levantar o iPhone 6S. Ele, que já me conhece, disse "não tenho boas notícias para si. A Apple não cobriu o ecrã e o telemóvel veio por reparar" e eu respondi que já estava à espera, que sabia que a política de garantia não cobria ecrãs partidos de iPhone. Na verdade já estava à espera... Mas também não o ia enviar para o seguro por causa de uma rachadela que nada interferia com a usabilidade do telemóvel. A surpresa veio depois, quando o rapaz me diz que estava a brincar e que a Apple tinha reparado o telemóvel pois fizeram testes e de facto algo não estava bem: Touch defeituoso disseram os peritos, o que fez com que a Apple tivesse que assumir o ecrã partido.

A garantia da Apple reparou o ecrã partido do meu iPhone!

Agora já sabem. Se o vosso ecrã do iPhone partir ou estalar sozinho e vocês tiverem a certeza que não fizeram nada de mal e que o telemóvel não tem marcas de má utilização, mandem-no para a Apple, pois algo pode estar bem errado. 

Já aconteceu a alguém? Conhecem casos destes?
Espero que este post tenha sido útil.

Também podes gostar de...

37 comentários

  1. Tiveste bastante sorte, normalmente eles não assumem !

    ResponderEliminar
  2. Que situação chata...

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  3. É frequente os vendedores tentarem vender esse seguro que funciona como garantia extra.
    Depois, quando acontece algo, chutam para canto.
    É serviço de utilidade pública o que a Minnie hoje faz, com a informação mais adequada.

    Bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  4. Tinha mais era que reparar. Ainda bem que forma honestos.

    ResponderEliminar
  5. até conheço mais do que um caso que a apple cobriu mais do que deveria. Acho que é uma questão de sorte com os profissionais a quem o teu telemovel vai parar.

    http://omeumundoaleatorio.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. Fogo, ainda bem que aceitaram. E na minha opinião tinham mais é que aceitar :P. Eu sou daquelas pessoas que fica "passada" com não me são dados esse tipo de direitos. Se não tinhas feito nada, e com um telemóvel com tão pouco tempo de uso, não se justifica. Aliás, um equipamento tão caro nem devia ter o direito de se estragar :P
    Beijinhos

    A Boémia Catita Blog

    ResponderEliminar
  7. Tiveste muita sorte... conheço pessoas que passaram pelo mesmo e não tiveram essa sorte toda. Ou tiveram que pagar o ecrã do iphone do próprio bolso ou então andar com ele assim :)

    Cidadã do mundo desconhecido
    http://cidadadomundodesconhecido.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  8. Ora aí está um dos motivos pelo qual não gosto dos iPhones, os ecrãs partem-se muito facilmente e trapalhona e descuidada como sou acho que não iria durar muito além disso não gosto do sistema operativo da Apple!

    Beijinhos, Hellen :)
    http://instantesimprovaveis.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  9. Andrea:
    Não acho que foi sorte... Tinha a consciência tranquila relativamente a não ter sido culpa minha... O telemóvel não tinha uma marca de uso. Desde o primeiro momento em que o tive que tinha uma película de vidro temperado e uma capa bastante protetora, daí que decidi mandar para a garantia. Agora claro, podiam-se ter descartado, mas como o telemóvel não tinha qualquer marca não havia muito por onde fugir. :)
    Beijinho

    ResponderEliminar
  10. Isa Sá:
    Bastante chata, principalmente pelo facto de eu ter estado sem telemóvel durante alguns dias, o que para mim me transtorna imenso uma vez que faço quase tudo através do iPhone.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  11. Observador:
    Acho que não entendeste. Eu não ativei o seguro, ativei a garantia de 2 anos sobre o aparelho.
    Se eu ativasse o seguro não teria problema nenhum :)

    Beijinho :)

    ResponderEliminar
  12. Maria do Mundo:
    Infelizmente a política deles é óbvia e nunca escondida ao cliente: não cobrem ecrãs partidos, tanto que fiz um seguro para salvaguardar isso. Eles podiam perfeitamente ter-se descartado, mas claro que como o telemóvel não tinha qualquer marca de uso ou melhor, de mau uso, não podiam simplesmente descartar-se. Lá fizeram os testes e pronto :) Final feliz :)

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  13. Armanda Barbosa disse:
    A sério? Que tipo de casos? Eles na apple são um bocado rigorosos.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  14. Ana Rita Francisco disse:
    Também sou da tua opinião ahahah :P
    Mas pronto, imagina-te com um telemóvel caríssimo com um mês e pouco e o vidro estalar... Passei-me :|

    Beijinho

    ResponderEliminar
  15. Andreia Barbosa:
    Ah mas pagar para arranjar uma quebra de nada que mal me afetava (como vês na imagem) não... Estava-me a lixar.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  16. Hellen Henriques:
    Aqui por casa há iPhones há mais de 5 anos e nunca se partiu nenhum vidro de iPhone. Mas claro que eu também considero que não é a alguém de 15 anos qe se dá um iPhone, algo tão caro. Os miúdos não têm cuidado nenhum, eu já lá passei.
    Tive o meu primeiro iPhone há 1 ano e meio (tenho quase 25).
    Por isso... Acho que isso é só mesmo estereótipo.
    Os iPhones partem-se tanto como outros quaisquer se não houver cuidado.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  17. Isso é estranho pois eu quase todos os dias meto uma carregada de vídeos :P

    ResponderEliminar
  18. nunca me aconteceu, mas ainda bem que partilhaste este informação, tenho a certeza que vai ser útil para muita gente :)

    www.pinkie-love-forever.blogspot.com

    ResponderEliminar
  19. Devemos retirar daqui uma ilação: esgotar sempre todas as possibilidades, pois o "não" está sempre certo.

    ResponderEliminar
  20. Minnie, o que não entendi foi a razão que te levou a dares-me a resposta no meu blogue :)))))
    Ali em cima, eu disse que "É frequente os vendedores tentarem vender esse seguro ... ".
    Beijinho

    ResponderEliminar
  21. Ainda bem que a garantia da Apple reparou o ecrã :)

    ResponderEliminar
  22. Eu ando mesmo a precisar dum telemóvel novo... mas confesso que se há coisa na qual me custa gastar dinheiro, são telemóveis. Só penso "podia ir de fim-de-semana com aquele dinheiro e ser muito mais feliz". E assim tenho andado a adiar o inevitável =P

    ResponderEliminar
  23. Ainda bem que tudo se resolveu pelo melhor. Se tinhas a consciência tranquilo eles só tinham mesmo de arranjar.

    ResponderEliminar
  24. Ana Rita Francisco:
    Agora já te consigo ver :)
    Ahah

    ResponderEliminar
  25. Inês Silva:
    Sim, partilhei sobretdo porque quando procurei no google não encontrei nada... Nadinha de nada. Era só coisas sobre iPhones mais antigos...
    O 6s é um modelo muito recente...

    Beijinho

    ResponderEliminar
  26. mmm´s:

    Exatamente! E eu que ainda ponderei mandá-lo para o seguro, porque pensava que a Apple se ia descartar totalmente... :)

    Beiinho

    ResponderEliminar
  27. Observador:
    Por norma respondo aqui na caixa de comentários e no próprio blogue da pessoa, como mencionei num post aqui atrás.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  28. S*

    A quem o dizes... Uma pessoa até fica parva.

    ResponderEliminar
  29. Mó:
    Ainda bem mesmo, porque se não teria deixado como estava. Não ia estar a mandar o telemóvel para o meu seguro quando tinha uma porcaria que mal se via.

    ResponderEliminar
  30. Sofia disse:
    Eu também me custa gastar dinheiro em telemóveis mas há uma coisa que me leva a gastar em iPhones...
    Antes de ter iPhone tinha android e todos os anos trocava de telemóvel, ou porque estava lento, ou porque avariava... Todos os anos gastava em média 150€.
    Comprei o iPhone e ele a bem ou a mal (recurso à garantia) dura-me em média 5 anos. 5x150=750€ que vai dar a um iPhone. Com a vantagem que tenho um telemóvel bom, que não bloqueia, que tem atualizações permanentes e um monte de usabilidades que não teria noutro telemóvel, entre as quais o FaceTime, que me permite falar com a minha mãe que está em frança à borla.

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  31. Dona Maria:
    Tinha mesmo... :) Ainda bem que não fugiram com o "rabo" à seringa :)
    Aahhah
    Beijinho

    ResponderEliminar