A pedido de várias famílias ♥

09:00


Já me disseram várias vezes que no início do blogue (ainda com o outro), falava muito mais de mim, da minha vida, do meu namorado, da nossa relação e que agora pouco ou nada falo. Se fosse a vocês encarava isso com muita positividade pois é sinal que as coisas por aqui finalmente acalmaram :) Mas pronto, hoje decidi falar-vos um pouco de NÓS.
A nossa relação evoluiu, passou várias fases (boas) e chegámos ao que somos hoje, com quase 4 anos de namoro.

Se me perguntarem como considero a nossa relação, vou responder-vos que é uma relação onde há muito amor, muito carinho e onde nos respeitamos mutuamente, isto é, eu não fico chateada se o namorado for jogar à bola ou sair com os amigos, eu fico é contente porque acho que com a idade todos foram arranjando namoradas e se separaram mais e poderem estar juntos sem as ditas cujas deixa-me feliz. Ele igualmente... Não se importa que eu saia com as minhas amigas. Não temos ciúmes. Gostamos de fazer quase tudo juntos. Passamos cada vez mais tempo um com o outro... Sei lá. Como podem ver é uma relação super saudável e que eu não trocava por nada.

Neste momento estamos naquela fase de casal que podemos viver juntos, porque sabemos que tudo resulta. Não nos chateamos, raramente discutimos (e quando o fazemos é por coisas realmente parvas) e estamos certos do que queremos para o futuro, e isso é muito importante.

Neste momento estamos os dois desempregados (oh querido Portugal) e pensamos ir para França, para ao pé das mães ainda este ano. Mas vamos ver... Um passo de cada vez.

E pronto... É isto que tenho para vos dizer, porque muitas de vocês já me enviaram comentários/e-mails a questionar sobre o facto de agora raramente escrever sobre o namorado... : )

Também podes gostar de...

7 comentários

  1. Bem, situações de ex-namoradas e ex-namorados é sempre complicado... mas olha, que é bonito apercebermo-nos que já ultrapassamos fases menos boas e que está tudo bem. Espero que sejam muiito felizes, quer seja aqui em Portugal ou em França. Já agora, as vossas mães estão ambas lá? :o

    Beijinhos **

    ResponderEliminar
  2. Que tudo corra bem :)
    Muitas felicidades :D

    ResponderEliminar
  3. As melhores histórias de amor não são aquelas que passam por mil e uma aventuras e peripécias e dramas. As melhores histórias de amor são aquelas que têm um amor simples e verdadeiro, um amor que respeita e é respeitado. As melhores histórias de amor são aquelas em que o casal só quer estar junto, mas também sabe dar espaço ao outro. As melhores histórias de amor são as que nós escrevemos e não o que os outros querem que seja.

    Muito amor para vocês os dois! <3

    ps: obrigada pelo apoio querida. já sabes que estou a responder aos comentários nas próprias publicações, não é? :)

    ResponderEliminar
  4. Nisso tudo, só me parece mal estarem desempregados =\ boa sorte!!!

    ResponderEliminar
  5. Passei à relativamente pouco tempo pela fase de nós os dois estarmos desempregados, é stressante! - também tivemos em ideia aceitar propostas de trabalho lá fora... E eis que surge proposta para ficar em Portugal e ficámos. Ambos gostamos do sítio onde estamos e queremos continuar por lá... Tudo depende deste nosso Portugal?
    Vocês não desistam porque vão conseguir o que querem e o facto de terem esse tipo de relação só vos vai ajudar mais, quer dizer que no matter what, sempre juntos!
    Força nisso moça!

    ResponderEliminar
  6. É isso mesmo, um dia de cada vez. As relações vão se construindo, as bases são muita amizade, amor, confiança e respeito. Desfruta (aliás, desfrutem) a vida!
    http://avidadenessy.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  7. O importante é estarem bem. E saberem e terem a certeza exata do que sentem um pelo outro.

    ResponderEliminar