#prayforParis #prayforworld

09:48


Antes de mais obrigada à Mafalda que me enviou um e-mail ainda ontem à noite a perguntar se as minhas mães estão a salvo e também a quem deixou comentários aqui no blogue :)

Sim, as minhas mães estão bem... Apesar de viverem perto de Paris não é assim tão perto. Claro que agora França está sob um clima de insegurança, de medo, de consternação, mas elas dizem que mais uma vez tudo irá passar e a normalidade vai regressar...

No atentado de janeiro tinha saído de paris dois dias antes, penso eu, e lembro-me que fiquei aterrorizada com a possibilidade de poder estar ali... Eu tinha estado ali dois dias antes... Vivi momentos verdadeiramente aterrorizantes principalmente no momento em que detém os terroristas no armazém em Seine-et-Marne, que é de facto muito perto das minhas mães, dizem que há mortos (ou feridos já não me lembro) civis que iam a passar e a minha mãe não me atende o telefone...
Desta vez foi tudo muito mais pacífico, falei com elas imediatamente e pronto, disseram-me que todos tinham sido aconselhados a permanecer em casa e que as horas seguintes eram decisivas. Já hoje disseram que tudo estava mais calmo, que já tinham ido ao supermercado sem problema mas que a localidade onde vivem estava com muita polícia, sobretudo na Câmara Municipal e que notava-se uma tensão no ar e para um sábado não se via ninguém na rua, nem os miúdos que brincam dentro do condomínio privado onde vivem... Pronto, penso que é normal.

Sobre o que se passou... Nem sei o que diga... Acompanhei TUDO na TV durante a noite de ontem e TODO o dia de hoje... Não é fácil pensar que aquilo é no país onde as minhas mães estão, pertinho pertinho delas... A minha mente pergunta PORQUÊ? Porquê aqui tão perto? Porquê a europa? Porquê os inocentes? Porquê tudo isto? O que leva os bombistas suicidas a isto? Porquê? Porquê? Porquê?
Custa-me pensar que isto é só o início como eles dizem... Custa-me pensar que em janeiro vou para França e vou aos sítios emblemáticos... Eu poderei morrer lá... Lá ou em qualquer local que visite no futuro e isso assusta-me...

Neste momento não consigo dizer muito mais...
Consigo apenas dizer que não devemos só rezar por paris como dizem as hashtags (#prayforparis),devemos rezar pelo mundo inteiro (#prayforworld), pois a partir de sexta-feira tudo mudou, a ameaça foi feita... Todos corremos perigo sem termos noção disso... Uma terceira guerra mundial como alguns apregoam, talvez...


Também podes gostar de...

3 comentários

  1. Oh ainda bem que está tudo bem !
    Agora é ter força !!

    ResponderEliminar
  2. Também estou muito assustada com tudo isto!

    ResponderEliminar
  3. No meio da tragédia fico feliz por as pessoas que amas estarem bem.

    ResponderEliminar