SemTabus #1

12:29



Desculpem a minha ausência, mas sabem que ando cheia de trabalho e o meu telemóvel também não anda a colaborar comigo.

"Apesar de ter imenso cuidado com a higiene, o meu odor vaginal é um pouco forte. Já fiz análises e não é nenhuma infeção. O que me aconselhas?" esta foi uma das primeiras perguntas que recebi após ter deixado o desafio de me lançarem questões. E é sobre ela que vamos falar!



Este tema é muiiito mais abrangente do que neste momento estarão a pensar. Podem ser N causas, podem ser N consequências, mas vamos lá desmistificar a coisa :)

Ponto número um: Muitas mulheres acham que o odor vaginal se deve a uma má higiene íntima mas isso é totalmente mentira. O comportamento que têm por pensar isto (lavar mais vezes e com mais produto) pode agravar bastante a situação.

Ponto número dois: é normal e é saudável termos odor vaginal, o que não é normal é que esse odor seja desagradável (sobretudo não ter alterações). Caso este seja forte ou desagradável algo pode estar errado: lavagem excessiva, utilização de produtos de higiene íntima pouco adequados, uso de tecidos sintéticos, uso de cuecas demasiado justas ou até pode mesmo significar uma infeção vaginal ou até candidíase.

Se porventura notam que o odor muda ao longo do mês isso pode estar relacionado com o ciclo menstrual em que nos encontramos.

É natural que esta questão possa até limitar a vida sexual de qualquer rapariga, por não se sentir à vontade com o parceiro.

Sabiam que a dieta pode afetar o odor vaginal? Pois é. Comer frutas e legumes em abundância pode ajudar a corrigir o mau odor.

Mas afinal como podemos o que fazer?? Vamos lá a algumas dicas :)

1º É muito importante verificarmos se existe algum tipo de infeção na região vaginal. Esta é normalmente a causa mais comum do odor vaginal. A candidíase é a mais frequente, mas pode passar mesmo por uma IST. Para nos certificamos se é ou não uma IST só mesmo recorrendo ao médico (se bem que eu acho que só pela alteração de odor vaginal devemos logo recorrer a um ginecologista).
Se for candidíase é fácil perceber pelo sintoma que teremos: corrimento abundante e branco.
Limparmo-nos de forma incorreta pode ser uma forma de apanharmos uma infeção. Devemos sempre limpar-nos de frente para trás, para não transportarmos as bactérias da região anal para a região vaginal. Este deve ser um comportamento a adotar por todos nós.

2º Ha que ter cuidado com os produtos de higiene íntima que usamos: produtos antibacterianos, sabonetes, toalhitas com perfume, água muito quente, água da piscina e hidratantes perfumados, podem ser a causa do odor forte.

3º Devemos mudar de cuecas TODOS OS DIAS. É muito muito importante. Devemos optar por cuecas de algodão e não de tecidos sintéticos.

4º Há que ter muita atenção a certas práticas sexuais, como por exemplo o sexo anal. Fazer sexo anal e logo de seguida vaginal não é muito boa ideia; esta prática pode "transportar" bactérias que podem afetar severamente o odor vaginal. Quem tem esta prática deve ter o cuidado de trocar de preservativo entre uma prática e outra.

5º É importante termos a certeza que não há nada estranho dentro da nossa vagina. Um pouco de um tampão que se soltou, uma daquelas bolas que se utilizam no sexo ou até bocados de preservativos e lubrificantes, podem ser o motivo do mau odor.

6º Devemos evitar limpar a zona vaginal com toalhitas!

7º Evitar comer alimentos com muito açúcar e levedura pois estes transformam-se em alimento para as bactérias nocivas. (pão, cogumelos, cerveja, etc).

8º Não devemos tomar banho com água demasiado quente. Esta prática pode matar as bactérias naturais que vivem na nossa pele. Se têm este hábito, experimentem tomar banhos mais mornos.

9º Devemos evitar pensos higiénicos/protetores perfumados. Estes alteram o equílibrio da flora vaginal.

10º De vez em quando, podemos tomar um banho de banheira com vinagre de maçã pois é um antibacteriano natural. (2 canecas de vinagre de maçã numa banheira cheia de água e ficar lá dentro por 20 a 30 minutos) O vinagre ajuda o nosso corpo a livrar-se das toxinas e bactérias que causam o mau odor.

11º Urinar depois de fazer sexo é muito importante pois ajuda a eliminar todas as bactérias, pois estando presentes, têm tendência a subir à bexiga, o que pode causar infeções urinárias. Neste caso: urinar é limpar, expelir os micróbios.

12º Comam iogurte! O iogurte contém culturas vivas de probióticos ou bactérias saudáveis que ao serem ingeridas juntam-se ao nosso organismo.


Espero ter ajudado a pessoa que me deixou o comentário e espero receber algum feedback.

Já sabem que podem continuar a mandar as vossas dúvidas para o meu email (esetudofosseperfeito@gmail.com) ou através de comentário (anónimo ou não que eu nunca aceito) aqui no blog. Estou à espera :)

Também podes gostar de...

16 comentários

  1. Convem sempre relembrar estas coisas. Obrigada.

    ResponderEliminar
  2. Esta rúbrica está mesmo boa!

    r: A sério? Odeias chuva?

    ResponderEliminar
  3. Achei interessante esta rubrica :) Vou acompanhar.

    ResponderEliminar
  4. r: é os primeiros dias são assim um pouco amedrontantes,
    gostei sim :) já vi a primeira publicação da rubrica e acho que deves continuar !

    ResponderEliminar
  5. GOstei muito R* achei o post bastante interessante e informativo! :)
    Fico muito contente que tenhas gostado do blog! Também já pensei ir a uma nutricionista não tanto para me enfiar numa dieta, digamos assim mas mais para aprender a comer, coisa que acho que não sei lá muito bem fazer!!

    ResponderEliminar
  6. Acho que esta rubrica promete :) eu ja sabia disto tudo porque infelizmente já tive episódios de candidiase devido a uma ferida no colo do útero. Relembro que a dica do iogurte obtém melhores resultados se este for iogurte natural sem ser açucarado :)

    R: a sério que foste adoptada? :) eu também fui, mas so por parte do pai. Mas demorou-me alguns anos e tive de ir a tribunal e tudo, uma trabalheira eheh mas valeu a pena

    ResponderEliminar
  7. Apenas uma dica: antes de usares siglas explica primeiro o significam. :) Quando falas de IST, devias antes ter colocado algures "infecção sexualmente transmissível (IST)". Assim quem não esteja tão dentro do assunto e não saiba o que são estas siglas, não se perde. ;)

    ResponderEliminar
  8. R. Estou a gostar imenso da rúbrica :)
    Já te estou a seguir *

    ResponderEliminar
  9. ADOREI o Post. Penso que algo que muitas mulheres não dão importãncia e que faz realmente diferença é o tecido da cuequinha sem em algodão


    www.tarasemanias.pt

    ResponderEliminar
  10. Gostei imenso! Super util e super esclarecedor ^^
    Já vou seguir o teu blog :D

    *Beijinhos*
    Caty<3
    http://myfairytale4.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  11. uma das melhores rubricas que conheço!

    ResponderEliminar
  12. Excelente forma de começar a rubrica! Confesso que não fazia ideia que o vinagre de maçã tinha essas qualidades

    r: Que querida, muito obrigada pelo aviso :)

    ResponderEliminar
  13. Parabéns pela rubrica, gostei. (:
    kiss na cheek

    ResponderEliminar
  14. Excelente. Aposto que esclareceu muitas dúvidas não colocadas. A mim tb me esclareceu umas coisitas ;)

    ResponderEliminar
  15. ajudaste sim, obrigada :)

    ResponderEliminar