Há coisas que não compreendo!

10:00


Não consigo compreender mesmo mesmo isto. Não se adaptar? Como assim? Quando se gosta mesmo de alguém adia-se as coisas? Têm-se medo?

Ah e tal mas depois as coisas correm mal... Oh minhas amigas... Se fossemos a pensar assim não saíamos de casa de manhã porque podemos ter um acidente, ou ser atropeladas, ou morrer ou WTV!

Também podes gostar de...

10 comentários

  1. Quando se ama verdadeiramente, não há qualquer tipo de receios desta natureza. De facto é uma coisa estranha...

    http://ummarderecordacoes.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  2. Eu não acho assim tão estranho. :) Conheço casais que nunca passaram um fim-de-semana juntos, que nunca criaram rotinas juntos, e nestes casos acho que é normal sentir-se estes receios.
    Principalmente quando já se tem casa própria, as nossas próprias rotinas definidas, as coisas todas à nossa maneira.
    Quando o Jack vinha de França para me visitar no apartamento que eu alugava, trocava-me as voltas todas, as minhas rotinas todas, o meu dia-a-dia. :) Chegou a tirar tudo dos armários da cozinha e a pôr como ele achava melhor. Nesse dia estive para o matar. =P

    Quando fomos viver juntos não houve qualquer receio, é verdade. Mas temos os dois feitios muito calmos que se complementam sem nunca criar ondas. E ainda assim nos primeiros meses andávamos a chocar em pequenas coisas: fazíamos os dois a cama de forma diferente, arrumávamos as coisas em sítios diferentes, tínhamos rotinas já pré-estabelecidas diferentes. Nunca discutimos por causa disso. Mas quem não tenha o nosso feitio pode realmente demorar a adaptar-se.

    ResponderEliminar
  3. também não percebi muito bem este segredo...

    ResponderEliminar
  4. Eu compreendo isto perfeitamente!
    Há muito tempo que vivo sozinha...partilhar o meu espaço, assusta-me!!!

    ResponderEliminar
  5. Concordo contigo, mas ainda assim, acho normal que se sinta um friozinho na barriga com a mudança. Mas passa logo logo!

    Beijinho e bom fim-de-semana *

    http://agatadesaltosaltos.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. Esse segredo também me fez confusão. Para viver a vida (seja em que sentido for), temos sempre de arriscar!

    ResponderEliminar
  7. Concordo 100% contigo!
    Temos que deixar as coisas acontecer. :)

    ResponderEliminar