Eu R* me confesso [uma ajudinha?]

15:00


Em criança lia... Lia pouco mas lia. Lia sobretudo nas férias de verão... A minha mãe comprava-me sempre 3 ou 4 livros (à minha escolha) para eu ler e eu lia. Tirando isso não lia... Nunca me senti tentada a ler como tantas pessoas. 

Durante anos tinha mais do que fazer porque tinha tantas disciplinas na escola e eram todas tão trabalhosas que era impossível (pelo menos para mim) ter tempo e paciência para ler...

Agora gostava de adquirir esse hábito... Gostava de recomeçar a ler! Mas há um pequenino probleminha... Quando era miúda só gostava de livros tipo diários... Assim derepente li "A Lua de Joana", "O Diário de Anne Frank" e lia muitos livros do género diários... Agora? Não me consigo imaginar a ler livros extensos, NÃO!, nem livros sobre ficção científica, NÃO!... A cena é que não me imagino a ler nada...
O que me aconselham vocês sabendo desta minha preferência por diários?

Também podes gostar de...

4 comentários

  1. Convém começares com coisas leves e tal :)
    Acho que os da Cecilia Ahern ou Cathy Kelly são softs :)

    ResponderEliminar
  2. Eu sou viciada em leitura, e estou já habituada a coisas mais pesada e leio muito José Saramago (não te aconselho ainda). E que tal um simples romance de Danielle Steel? É soft! É só uma ideia :/

    ResponderEliminar
  3. Os romances do Nicholas Sparks, ou então o Vou Contar-te Um Segredo da Margarida Rebelo Pinto, é um livro faseado em vários acontecimentos de várias personagens distintas. São pequenas folhas soltas de vários diários reunidos num só livro... Acho que ias gostar :) e lê-se muito bem *

    ResponderEliminar
  4. Não gosto muito da margarida rebelo pinto mas acho que talvez vá de encontro ao tipo de livro leve que procuras. Experimenta o diário da tua ausência, por exemplo...
    Depois tens sempre o nicholas sparks que é sempre mais do mesmo mas se consome bem... se queres um livro pequeno, aconselho o "um momento inesquecível". E também te aconselho a comprar uma dose industrial de lenços. O homem mata sempre alguém, deixa qualquer pessoa à beira da depressão xD

    ResponderEliminar