Quando uma chamada muda a nossa vida...

15:50

Vocês sabem que eu estou a dar aulas como VOLUNTÁRIA na Universidade Sénior (US) aqui da zona certo? Já lá estou há dois anos. Em Setembro, aquando das eleições, a coordenadora da US concorreu à câmara de um sítio vizinho e disse-me que se ganhasse eu ficava no lugar dela... Claro que como eu sou uma miúda cheia de sorte não ganhou e portanto lá continuei como voluntária. Mas fiquei sempre a moer que podia ter tido tanta sorte e não tive, que podia ter congelado a matrícula na universidade (neste último ano de estágio curricular não remunerado) e depois "um dia"  logo terminava o último ano (que era o "mais fácil" uma vez que nem era propriamente de estudar), que podia era estar a ganhar dinheiro, etc etc etc...

Em meados de Novembro ouço falar dos estágios profissionais (remunerados) e falo com a coordenadora sobre isso. Ela, como gosta muito de mim e do meu trabalho, disse-me logo para quando quisesse submeter uma candidatura no centro de emprego que talvez tivesse sorte (uma vez que a US tem menos de 10 funcionários e pelos vistos o IEFP paga a 100% ao estagiário).

Lá fiquei com a ideia de terminar o curso e candidatar-me. Como o fim do curso está para breve (termino o estágio no final de Maio) decidi no fim de semana que amanhã ia ao centro de emprego inscrever-me e saber que papeis necessitaria, como tudo se processava, etc etc. 

À pouco, liga-me a coordenadora da US a dizer que a candidatura do estágio profissional (submetida em Dezembro) de uma rapariga tinha sido recusada porque ela já tinha terminado o curso há mais de três anos e que me queriam meter a mim no lugar dela. Até aqui tudo bem, pensei logo: "fixe, candidato-me agora e lá para Setembro começo", até que a coordenadora continua e diz: "como temos oportunidade de substituir  a candidatura por alguém à nossa escolha, amanhã vais lá inscrever-te levas já X Y e Z (que eu nem sei o que é preciso) e falas com a fulana W que ela está a par da situação e em princípio é para começar ou para a semana ou daqui a duas semanas com horário fixo". OK OK OK... Começou os "problemas":
  1. Ainda estou a terminar o estágio e tenho estágio ate 29 de Maio com atividades (formação) planeada e planificada
  2. Não posso abandonar o local de estágio (uma vez que na US ficaria com horário diário deixo de conseguir ir ao estágio à 3ª e à 4ª
A coordenadora da US disse-me que poderia articular-me em termos de horário, tenho é de fazer 40horas semanais, ou seja, supostamente  tenho de fazer 8 horas por dia mas posso fazer mais num dia do que no outro, posso entrar mais tarde e sair mais tarde ou entrar mais cedo e sair mais cedo para conseguir ir ao estágio. Eu pensei logo: ok, se eu trabalhar das 9 as 5h e for ao estágio das 6h às 8h TODOS os dias, vou ter de andar a fazer piscinas para cá e para lá, mas não deixo nem uma coisa nem outra. Ou então trabalho 3 dias das 8:30 às 19:30h (dá 10 horas por dia) e assim fico com dois dias que só tenho de trabalhar por exemplo das 9h às 14h.... EU NÃO SEI! SEI QUE NÃO POSSO PERDER ESTA OPORTUNIDADE!

Ponto fulcral: falar com a minha orientadora de estágio. Ver o que ela me diz. Liguei-lhe e ela está a dar um workshop, sai 6h. Vamos ver as novidades....

Também podes gostar de...

7 comentários

  1. Isso é que é uma vida atribulada :)

    ResponderEliminar
  2. Vais escolher o melhor para ti :)
    Também sei o que isso é, andar sempre a correr, também estou a estagiar, aulas da fac mais os trabalhos, a vida pessoal, a carta ....
    Ja agora, adoro o teu blog :) beijinhos querida e boa sorte <3

    ResponderEliminar
  3. Eh pá é mesmo uma boa oportunidade mas também vai ser super cansativo. Mas são só 2 meses de esforço e acho que vale bem a pena !!!
    Fala com ela e decide o melhor :)

    ResponderEliminar
  4. Acho que fizeste bem em querer falar com a tua orientadora de estágio... ela já deve ter uma certa experiência e deve saber aconselhar-te da melhor forma... não estamos em tempo de perder oportunidades, mesmo que isso implique alguns sacrificios :)
    r: acho que isso foi surpresa geral! xD

    ResponderEliminar
  5. Minha opinião: fazes os 3 dias com 10h e os outros dois (terça e quarta) a sair às 14h para ires ao estágio de tarde.
    1- evitas mais problemas com a orientadora;
    2- não fazes tanta viagem e consecutivamente poupas gasóleo;
    3- assim são 10h seguidas de trabalho, mas se fizeres as 8h na US e as 2h no estágio, vai dar às mesmas 10h e andas com mais stress de atrasos, trânsito, etc., etc...

    Tens que pensar bem, mas eu no teu lugar era isso que escolhia. E depois como dizes, faltam 2 meses para acabares o estágio e depressa podes redefinir o horário na US e garantes um emprego!

    Boa sorte miúda! =)

    ResponderEliminar
  6. Eu própria estou a realizar estágio profissional, mas fui eu que me dirigi à farmácia onde estou e propus. Tive mesmo muita sorte, como tu; aceitaram logo.
    Fizeste bem em aceitar. É triste que hoje em dia os únicos trabalhos que existam sejam através dos estágios profissionais do IEFP, mas a cavalo dado não se olha o dente. É experiência ;)

    http://historiasdeariadne.blogspot.pt

    ResponderEliminar