Melhor amiga :)

00:09

Há cerca de um ano atrás (24 de Janeiro) escrevi um post no meu antigo blog a falar sobre a minha melhor amiga (e agora quem me seguia e se lembrar vai perceber quem eu sou xD)... Decidi transcrevê-lo para aqui... Faz sentido! Muito sentido mesmo.

"Eu e a Estrelinha conhece-mo-nos no ciclo. Já lá vão cerca de 10 anos ( :O Confesso que só agora me apercebi disto!). 10 anos... é tanto tempo para quem na altura tinha o pensamento de que os amigos mudam facilmente e que provavelmente as pessoas que na altura faziam parte da minha vida, iriam deixar de fazer mais tarde ou mais cedo! Realmente foi isso que aconteceu! Mais de 95% dos meus "amigos" da altura foram-se... num ápice, bastou mudar de escola, de cidade ou seja lá do que for.

Sinceramente nunca pensei que a Estrelinha continuasse na minha vida durante tantos anos e com um estatuto quase inabalável: o de grande amiga/melhor amiga.

No ciclo eu era a rapariga que andava com o rapaz que queria... Gostava de um, andava com ele, cansava-me trocava... Trai... Curtia com rapazes facilmente e por vezes até andava com mais do que um... TIPO ERA UMA MIÚDA (ciclo: entre os 10 e os 14). A Estrelinha esteve sempre lá, apoiava-me em todas as minhas parvoíces ahaha 
(Estrelinha lembras-te da história do trincar a língua? do G? ahahahahah)

Fomos para outra escola, o liceu e aí modificamo-nos um pouco as duas de postura, afinal era a escola dos crescidos. Eu acalmei imenso. A Estrelinha foi da minha turma até ao 11º, no 11º chumbou e ficou noutra turma :( A partir daqui acho que nos separámos um pouquinho, mas continuávamos a falar e a saber tudo uma da outra, até porque os nossos amigos eram comuns.

Depois eu fui para a Universidade e não tinha tempo nem para me coçar. No primeiro ano era muito complicado, não tinha carta, o meu horário era tipo 9h às 18h, não tinha tempo para nada basicamente e aqui sim eu e a Estrelinha afastá-mo-nos muito.

No final do meu segundo ano de faculdade aproximá-mo-nos e até agora não nos separámos.
O que mudou? O sentido da palavra melhor amiga! Antes melhor amiga tinha 3 ou 4, achava que melhores amigas eram aquelas que estavam sempre comigo, mas quando eu precisava não as tinha lá. Agora? Melhor amiga é aquela que nos houve, que nos faz rir, que nos enxuga as lágrimas, que quando acabei com o Pedro em Setembro veio fazer-me o jantar, que me apoia em T-U-D-O (seja que estupidez for) e sobretudo que me faz sentir da família! Melhor amiga é aquilo que a Estrelinha é! Preocupa-se comigo, está bem se eu estiver, acolhe-me na casa dela como se fosse irmã dela (até trato os pais dela por pai e mãe xD), vai comigo para as festas da terriola, dá-me na cabeça mas no fundo quer tanto como eu que resulte...

Eu sei que tenho a melhor amiga porque se durou até agora, acho impossível que não dure para sempre! "Ah não digas isso, ainda imigras e depois..." ... e depois continuo a ter a melhor amiga porque hoje em dia há telefones, internetes e sim, também há as cartas! Não venham com desculpas! Só não se mantém uma amizade se não se quiser!


Este texto a propósito de quê?

Como expliquei no post "Sabemos que temos amigos verdadeiros quando..." a Estrelinha na manhã de temporal (sábado - 19 de Janeiro) não conseguiu falar comigo a manhã toda porque não havia rede vodafone... Ok, ela podia ter ficado na casita dela porque havia árvores caídas por todo o lado, tudo pelo chão, muito vento... Mas não, a Estrelinha (e o nosso pai xD) saíram de casa e vieram buscar-me (e para chegar a minha casa o pai teve de cortar árvores para poder passar!). Eu, estava a dormir (eram 14h :O) porque tinha passado a noite em claro com os barulhos e só tinha conseguido adormecer às 8h da manhã) e não ouvia a baterem à porta, mas a Estrelinha, de forma incansável, não descansou enquanto não fez com que eu ouvisse a porta. Lá me levantei e se a princípio não queria ir (porque estava a dormir) quando ela me põe ao corrente da situação e diz que não havia luz, nem água, nem rede de telemóvel e que eu estava totalmente incontactável e por isso não me ía deixar em casa sozinha porque não descansava, vesti-me e fui. E pronto, passei o dia com a minha outra família (que tem um A-B-E-N-Ç-O-A-D-O gerador). :)

Ontem quando fui ao blog dela deparei-me com isto:
"(...) E ontem que passei a manhã toda preocupada com a amiga que vive sozinha. Como o meu pai também ficou preocupado, fomos buscá-la a casa dela. Chegámos lá, e estava ela a dormir na paz do Senhor, e não é que queria ficar sozinha, a louca? Só quando eu lhe disse "R*, por favor, não tens electricidade, não tens água e não tens rede no telemóvel. Estás completamente incontactável" é que ela com as lágrimas nos olhos por não ter rede no telemóvel me disse "Ok, vou-me vestir rápido."... Foi um alívio!
Depois à noite deu-lhe na cabeça que queria ir dormir a casa porque estava super preocupada para saber como estavam as coisas por lá, e aí eu já não consegui evitar. Agora já estou mais descansada porque já há rede nos telemóveis e já consegui falar com ela e saber que está tudo bem. (...)"

Desta história toda tiro uma grande conclusão: do dizer ao fazer vai uma grande diferença. A minha mãe sempre me disse "são todos teus amigos, mas quando passares mal é que vais ver os verdadeiros!" e eu na altura cantava para o ar... Agora? Dou-lhe razão!"

Isto foi escrito há quase um ano... Nada mudou! Gosto tanto dela... Tenho tanta necessidade (e tão pouco tempo) de estar com ela. Mas nada mudou, nadinha!!!

Também podes gostar de...

5 comentários

  1. Ainda há dias relembrei esta história :)

    Soube tão bem ler este post novamente. Sim, a nossa amizade continua inabalável passados 11 anos... E hão de passar muitos mais.

    Ri-me imenso quando cheguei à parte do "abençoado gerador" :)

    Gosto de ti tonta, muito mesmo. Nunca duvides disso <3

    ResponderEliminar
  2. "Chegámos lá, e estava ela a dormir na paz do Senhor, e não é que queria ficar sozinha, a louca?" O que me ri com esta frase xD
    r: oh, obrigada +.+

    ResponderEliminar
  3. É bom saber que há amizades assim :)
    Preserva-a :)

    ResponderEliminar
  4. As melhores amigas não te apoiam em tudo. As melhoras amigas enfiam-te uma "lambada" (não literalmente) quando estás a agir erradamente. Acusa-te quando erras, mas nunca deixa de gostar de ti.

    Posto esta minha ideia, acho que tenha uma excelente melhor amiga!

    ResponderEliminar
  5. Também tenho assim uma boa amiga que durará sempre sempre :)

    ResponderEliminar