Novidades :)

16:09

Hello :) As novidades andam por aqui há alguns dias para contar...
Uma semana sem escrever deveu-se ao facto de eu ter IMENSOS trabalhos para fazer (visto que estou no fim de um ciclo de estudos).

Estou aflita com tantos trabalhos!! Só para terça feira dia 11 tenho 5 trabalhos e 1 exame... Vou ter de deixar o exame para a época de recurso... Tem mesmo de ser... Não me adianta ir a um exame para o qual não tive tempo de estudar... Tirar má nota? No thanks! Tenho uma média a manter.

Bem, relativamente a mim e ao mon amour :) As coisas melhoraram tanto que ainda me custa a crer... :)
Há alguns dias discutimos... Eu não estava contente. Ele não estava contente. Era óbvio. Combinámos mudar! Tínhamos de mudar, afinal onde há amor tudo se consegue. E mudámos :) Os dois, creio.

No sábado passado ele e um amigo (que passam música) deram uma festa privada em casa do amigo dele. Foi fixe; para mim é sempre fixe quando o meu namorado está feliz e eu sei que passar música é algo que o deixa feliz, que o realiza. É bom vê-lo todo contente. É MUITO BOM! Tinha feito directa de sexta para sábado (ando com o sono todo trocado por causa dos trabalhos) e no sábado tinha a festa, não podia faltar. Pensei que a festa acabasse por volta das 2h/3h... A verdade é que eram 6h e nós lá.
Bem, eu não estava em condições de ir para casa de carro tamanho sono tinha e o namorado decidiu: íamos dormir em casa dele. Eu não queria. Não queria porque não conhecia a mãe dele oficialmente, pessoalmente (apesar dela saber perfeitamente quem é que eu sou). Tinha vergonha. Não achava que era a melhor maneira da mãe dele me conhecer. Mas pronto... Nada a fazer. Dormimos na casa dele... Adormeci nervosa... Como seria a reacção da mãe dele? Deitá-mo-nos deviam ser umas 8h da manhã e dormimos até às 18h (QUE VERGONHA :p). Às 18h acordámos e pronto...
Primeiro veio o irmão. Depois veio a mãe e finalmente conheci alguém que admirava já sem conhecer. Depois veio a avó (que vive com ele e que já conhecia). Curiosamente senti-me bem ali. Senti-me em casa. Adoro a casa dele. Já lhe tinha dito. É acolhedora e familiar.
Depois ele foi com um amigo ao mutibanco na aldeia ao lado e eu fiquei em casa, na cama (porque não tinha calças do pijama para vestir) :p A mãe dele foi MUITO SIMPÁTICA mesmo comigo. Eu estava meia branca e com dores de cabeça. Perguntou-me se eu queria um chá ou comer algo e se eu queria um comprimido. Foi fofinha. Eu fiquei com o irmão dele no quarto, a vê-lo jogar computador.
O puto lá me fez algumas perguntas e convidou-me para ir à festa da escola dele. :P

Depois acabei por lá jantar. Senti-me MESMO BEM! Epá uma família simples, acolhedora e que não mudou a atitude só por eu lá estar. Gostei tanto.

Na quarta-feira à noite, o namorado chega a minha casa e diz-me "O meu pai convidou-te para ires de férias connosco para Espanha"... Fiquei perplexa... Disse que não instantaneamente... Não sei bem porquê... Pensei logo "Eu não quero que digam que me levaram de ferias", sei lá. Agora, e depois de falar melhor com o namorado e com a mãe... Vou :) Porque não ir? E é um voto de confiança dos pais dele. Totalmente. O pai disse ao namorado que me estava a convidar porque já tinha percebido que o caso comigo era bem diferente (em relação à ex-namorada do namorado). Fiquei feliz :) Estou feliz

Beijinho # 

Também podes gostar de...

3 comentários

  1. Olha que disparate... tu VAI DE FÉRIAS. Não há motivo nenhum para não ires... a família dele quer integrar-te e isso é de valor!

    ResponderEliminar
  2. R: Exatamente, ainda bem que ambos aceitaram as novas responsabilidades e também ainda bem que a familia toda aceitou aquela criança. Eles têm tudo para dar amor e estabilidade financeira àquela criança, coisa que muitos não têm...

    ResponderEliminar